E o futuro, como vai?

Bom dia pra você que acorda todos os dias, sabendo bem o que lhe cabe, que o sonho acabou no momento em que o despertador começou a tocar!
Eu já começo meus artigos com meu mau-humor característico, que na maioria das vezes é puro charme, é claro, mas hoje tem um toque de verdade mesmo!
Hoje vou discutir uma conversa que ouvi involuntariamente ontem, de dois adolescentes que reclamavam da vida, uma coisa que acho incrivelmente sacana, por que o maior problema dos adolescentes hoje em dia (claro que não de todos), é que grande parte não tenta resolver o que eles chamam de problemas, e ficam esperando ou que se resolvam sozinhos, ou que seus pais resolvam.
Hoje em dia são poucos os adolescentes que sabem se virar sozinhos, que agarram cada oportunidade com unhas e dentes, hoje em dia devido ao melhor desenvolvimento do país, as melhores condições sociais e monetárias para a maioria das famílias, os jovens tentam usufruir ao máximo a dependência que têm dos pais!
Tentei encontrar alguma pesquisa para anexar ao artigo, infelizmente não encontrei, mas sei que grande parte dos leitores concorda com o fato de que, antigamente, os jovens buscavam mais a sua independência, a sua liberdade, não o fator ‘sair de casa’, mas sim depender cada vez menos dos pais, sem abdicar dos confortos que uma tutela proporciona, é claro! Hoje são os poucos os adolescentes que ao completarem 16 anos tentam encontrar o primeiro emprego, só se for necessário mesmo, uns as condições exigem, outros a família exige, mas se houver a mínima chance de sobrevivência apenas com aquilo que provem dos mimos paternos, ninguém é capaz de fazer com que um adolescente atual pense em ter ser próprio sustento financeiro!
Aí com certeza alguns (senão todos) leitores devem estar pensando: “ótimo isso, sinal de que o país está evoluindo, e que hoje em dia podemos dar aos nossos filhos os confortos e condições que não tivemos durante a nossa infância e adolescência”… Concordo absolutamente com isso, mas existem outros fatores que envolvem esse assunto, por exemplo:
Os adolescentes de hoje em dia demoram mais pra se preparar para coisas que terão que enfrentar quando saírem do ninho, do que os adolescentes da minha geração, s adolescentes hoje em dia não entendem os impostos, não sabem lidar com dívidas e contas periódicas a pagar, coisas que eu, por exemplo, aprendi desde cedo, com os meus pais, a fazer!
Na verdade, pela conversa que escutei ontem (e que depois acabei percebendo que já havia escutado antes de outros jovens, mas que nunca havia me tocado do real significado da coisa, do que realmente me chamava atenção e até incomodava na conversa), percebi que muitos jovens estão praticamente alienados a realidade que o futuro lhes reserva, despreparado para enfrentar algumas das coisas que nós, adultos de hoje em dia, enfrentamos quando saímos do ninho. Por que é um fato, assim como a moda, as crises também se vão, mas podem voltar, e bem piores, é difícil para nós lidarmos com essas crises, imaginem pra quem nunca se deparou com uma, ainda mais sozinho!
Hoje em dia está quase dando orgulho ver o quanto o país vem se desenvolvendo no quesito EDUCAÇÃO, são muitas as oportunidades, só mesmo não querendo para não se ter uma profissão hoje em dia, mas existem coisas que apenas a vida ensina, e a maioria é na prática, e depende muito dos pais fazer com que seus filhos passem por essas lições com menos hematomas possíveis, ótimo, maravilhoso que possamos dar aos nossos filhos o que não tivemos a oportunidade de ter, só não podemos deixar que isso nos faça esquecer que existem valores, experiências, lições, que apenas o mundo lá fora, cruel, faminto e sem piedade pode ensinar, e tem que ser agora, enquanto estamos por perto para proteger e ajudar a curar as feridas deixadas, depois os alunos que deixaram a lição passar, podem não poder contar com nosso apoio!
Então é isso, existe uma realidade por trás do mundo que os adolescentes de hoje em dia conhecem, e essa realidade lhes precisa ser apresentada!

Gill Nascimento

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

2 Comentários

  1. Verdade, a educação entre aspas melhorou, isso se tornou um paradoxo, por que ter a instrução, mas não os macetes para a vida, não sei se adianta muita coisa.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: