Crianças, ah crianças!

image

Texto de minha autoria, originalmente postado em outro Blog em 2010, vamos rir um pouco?

Existe no mundo alguma coisa mais graciosa do que as crianças? Difícil! Crianças são o símbolo de esperança, são o futuro, a alegria de um lar bem estruturado, alicerce de relacionamentos, crianças são tudo de bom…

– Aninhaaaaaaaaaa! Desce minha filha, seu almoço já está na mesa!
– Já estou aqui mamãe, não precisa gritar tanto! O que tem pra comer mamãe?
– A especialidade da mamãe, arroz-a-grega com feijão branco e bife-a-rolê com pimentão recheado!
– Um a senhora não desiste né mamãe?
– Como assim filhinha?
– A senhora acredita mesmo que esses pratos ficam deliciosos quando a senhora faz né?
– Claro que ficam, eu pensei que você gostasse minha filha!
– Eu gosto mamãe, menos do pimentão é claro, mas o papai…
– O que tem o seu pai?
– Eu ouvi o papai conversando com a vovó no telefone…
– Fala pra mamãe filhinha, oque o seu pai estava falando no telefone com aquela jararaca?
– Ai mamãe, não fala assim da vovó!
– Tá bom minha gatinha, mas fala pra mamãe o que seu pai disse!
– Ele falou assim, “Mamãe, ela é muito sensível, eu não posso simplesmente dizer pra ela que o Bife-a-rolê e o pimentão recheado que ela tanto adora fazer é horrível, ela além de ficar chateada vai fazer Bife-à-rolê de mim!”
– Ah ele não falou isso!
– Por que perguntou então se não ia acreditar em mim mamãe!
– Não é com você minha filha, mas seu pai errou em uma coisinha.
– No quê mamãe?
– Eu não vou fazer bife-a-rolê dele, vou fazer picadinho!

Crianças, ah crianças, elas são a força que nos move à sinceridade, a sermos transparentes e não omitir nunca (nossa isso pareceu até humor negro).

– Cheguei! Vem cá filhinha dar um beijo no papai, onde está sua mãe?
– A mamãe foi ao shopping papai, com a tia Márcia.
– Deixa eu olhar minha carteira, vai que eu esqueci algum cartão de crédito em casa e não percebi!
– Não papai, ela só foi se distrair, pois está muito triste.
– Triste por quê? Aconteceu alguma coisa?
– Não sei papai, eu pensei que o senhor soubesse.
– Eu porque filhinha?
– É que eu ouvi ela falando assim com a tia Márcia, ” Não tem jeito amiga, morreu mesmo, ontem a noite o Jorge tentou, tentou, mas não teve jeito, ele não levantou de jeito nenhum!”
– Xiiiiiii, sério filha?
– Juro papai!
– É vou ter que deixar de lado o orgulho e tomar um azulzinho da próxima vez!
– Como é papai?
– Nada filhinha, papai só pensou em voz alta!

E além de ser tudo de bom, as crianças também salvam relacionamentos nos 45 do segundo tempo quando parece que tudo está perdido.

– Filha, onde está o seu irmão? Ele tem que dar uma olhadinha em você, é que eu vou sair, mamãe vai lá na farmácia!
– A senhora vai comprar remédio pro meu irmão?
– Não, por quê? Seu irmão não está doente!
– A alergia dele atacou mamãe!
– Quem disse?
– Eu passei frente o quarto dele e ouvi ele conversando com o Julinho filho do vizinho, “Julio, cara, eu cheirei demais, cheirei tanto que acabei passando mal !”, ele tem alergia ao perfume de flores né?
– É, tem sim minha filha, mas nunca mais vi ter!
– Por que mamãe, a senhora vai levar ele no médico?
– Não filhinha querida, mamãe vai arrancar o nariz dele, isso sim!

É, as crianças são tudo mesmo, mas dentre tantas qualidades e características, duas se destacam, todas, mas todas mesmo, todas as crianças são excelentes X-9(dedo-duro), e tem ouvidos altamente desenvolvidos, não há problemas que cheguem ao conhecimento de uma criança que ela não passe pra frente fazendo assim com que a família se junte para resolver unida!

Gill Nascimento

Anúncios
Post seguinte
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: