Desespero…

Você acorda, toma café da manhã, trabalha como um condenado, almoça correndo, volta para casa, janta desanimado, dorme mal, acorda e percebe que indiferente aos seus problemas e ao seu sofrimento o mundo continua exatamente igual. Seu escandaloso despertador lhe acorda, mas não ao seu ânimo, seu trabalho não mais lhe agrada, sua rotina não mais lhe seduz, mas preso as suas responsabilidades vê bloqueado o caminho que te leva à oportunidade de tentar mudar essa situação. Sente-se como se nada mais fizesse sentido, que o mundo não poderia estar girando normalmente perante seus problemas. Egoísmo?
Não, isso não é egoísmo, na verdade todos nós nos sentimos assim às vezes, ou pelo menos estamos sujeitos a sentir, e quando isso acontece realmente fica difícil entender o mundo ao nosso redor. Os sorrisos e as lagrimas, os gritos e os sussurros, a tristeza e a alegria, a voz e o silêncio, o corpo e a alma e todas as reações que nos envolvem, e não só as reações, tudo não faz sentido. Quantas vezes não entendi o porque de tantos sorrisos na rua, enquanto minha vida ia de mal a pior. Quantas vezes senti o gosto salgado de uma lágrima que rolava em meu rosto, sem nem ao menos saber por que chorava. Quantas vezes quis sorrir para alegrar alguém sem nem ao menos conseguir sentir felicidade ou alegria.
O mundo nunca vai estar de acordo com as nossas necessidades, e ao contrário do que dizem por aí, o universo não conspira a favor de ninguém. A nossa satisfação, a nossa paz exterior e interior só nós mesmos podemos encontrar e conquistar com nosso próprio esforço e suor.
Se o azul do céu de um lindo dia sem nuvens, se o brilho das estrelas numa linda noite de luar, se o cantar dos pássaros, o orvalho das folhas, o perfume das flores, o sorriso de alguém, nada disso faz sentido para você por que o seu mundo continua desabando, não sinta inveja ou coisa parecida, leve seu mundo para perto desses outros mundos que lhe parecem tão perfeitos, alegre-se com a alegria dos outros e de tudo, sinta a paz que está a sua volta, mas não em você. Um dia, por mais tarde que seja… Tudo fará sentido.

Gill Nascimento

Anúncios
Post seguinte
Deixe um comentário

13 Comentários

  1. Muito bom! Estou passando bem por esta fase, faço tudo correndo, volto desmaiando pra casa, acordo mais cansada ainda. Mas são fases, e isso é temporário e necessário para que tudo se acalme e eu possa ter uma rotina mais saudável daqui alguns meses. Mas não da pra parar de olhar para o céu, para o cachorro na rua, para o casal feliz passeando, e não sorrir. Tudo na vida tem seu lado bom, e não podemos nos acomodar e focar nas dificuldades!
    Grande abraço 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  2. Excelente texto! Ótimo para refletir.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  3. Lindo texto. Principalmente o último parágrafo que fechou com chave de ouro.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  4. Jane Oliveira

     /  26 de junho de 2015

    Menino…. Você escreve com a alma… Isso é profundo, as vezes me pego exatamente assim como VC descreveu… Estou adorando ler seus posts beijossss

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  5. É isso aí, Gil! Fases e mais fases! Ainda não entendi direito como funciona esta brincadeira, mas sei que, com o tempo e se Deus permitir, teremos momentos mais estáveis e tranquilos. Curti este texto aí! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  6. Olá! Indiquei você em minha TAG. Sinta-se a vontade em responder. Bjs
    https://pitacoseachados.wordpress.com/2015/06/26/tag-de-tudo-um-pouco

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: