Se sua mãe falar, já era…

image

Não faz muito tempo, num final de semana, me reuni com alguns amigos num barzinho pra tomar uma cerveja, conversar e relembrar, e por acaso entramos em um assunto bem interessante.
Muita gente pensa que em reuniões masculinas em bares o papo quando não é sobre sexo, é sobre futebol, mas a verdade é que homens ébrios se tornam verdadeiros pensadores e filósofos.
Um amigo meu estava contando que, certa vez chegou em casa do trabalho e que a filha de 10 anos pediu se poderia dormir na casa de uma amiga, que ele simplesmente disse pra ela pedir para a mãe e que se ela deixasse, pra ele estaria tudo bem. Passado alguns minutos do ocorrido ele lembrou de algo que aconteceu quando ainda morava com os pais. Ele pediu algo para o seu pai que na época disse o mesmo que ele disse para sua filha, só que ele por sua vez mentiu, dizendo que sua mãe já havia permitido, e então foi pra festa que estava em questão. Ao voltar pra casa, a mãe já sabendo de sua mentira, ficou encarregada da bronca e do castigo, e durante a bronca disse: “Você um dia será pai, terá uma família e seu filho fará o mesmo com você!”.
Ele se lembra de ter pensado na época que seu pai era um ‘pau mandado’, em como a mãe decidia tudo e se prometeu nunca ser como seu pai.
Devolta ao bar, após contar sua história ele concluiu que, tinha se tornado exatamente igual ao seu pai, e que com isso corria o grande risco de o que sua mãe praguejou vir à acontecer.
Quem aqui nunca ouviu o dito popular de que “Praga de mãe pega”? Eu sempre acreditei muito nisso, tenho testemunhos que fortalecem a credibilidade desse dito, e por isso desde que me tornei adulto tenho lutado pra me manter fora dessas estatísticas.
Outro amigo lembrou que sua mãe sempre dizia que seus filhos nunca o obedeceriam, que seriam malcriados e desobedientes, só porque as vezes ele aprontava das suas. Hoje ele tem um casal de filhos e confessou que são mimados e desobedientes, comprovando mais uma vez que o dito popular é verdadeiro.
Um terceiro amigo lembra que uma vez, após terminar um namoro com uma garota que sua mãe adorava, discutiu com a mãe que, por sua vez profetizou, que um dia ele se casaria e que sua mulher o faria de ‘gato e sapato’ e que então ele aprenderia a tratar uma mulher. Hoje ele é casado com uma mulher por quem se apaixonou perdidamente, mas que se transformou completamente depois que colocou a aliança, a princesa virou bruxa, e já faz 1 ano que pensa em se divorciar. Mas uma vida estragada por uma praga materna.
Estávamos em oito pessoas nessa pequena reunião de amigos, e de relatos em relatos, todos concluíram que suas mães acertaram em cheio nas pragas.
Menos a minha.
Minha mãe acho que errou a mão por não se decidir, geralmente as mães sempre repetem a mesma praga enquanto seus filhos repetem os mesmos erros, eu por minha vez era muito eclético na hora de aprontar, então minha mãe acabava por alternar nas pragas, e hoje nenhuma delas pegou, ainda bem que não, porque senão eu já teria me suicidado.
Minha mãe dizia que eu teria filhos que seriam umas pestes, que minha mulher seria um demônio, que eu trabalharia feito um escravo pra aprender a dar valor às coisas, que eu teria cabelos brancos antes dos 30 de tanto que eu penaria pra aprender, entre muitas outras coisas.
Não consigo imaginar outro motivo pra eu ser uma exceção, a não ser o fato de minha mãe ter abusado. E como se as mulheres ao se tornarem mãe, Deus lhes dessem o direito de realizar 1 desejo sobre os seus filhos (no caso uma praga), mas apenas 1, minha mãe ao não se decidir comigo, nenhum funcionou, e retorno a dizer: AINDA BEM!
Após chegarmos as nossas conclusões sobre o assunto, decidimos então não deixar o mesmo acontecer aos nossos filhos, os alertando sobre a verdade por trás do dito popular, e os aconselhando a não dar motivos pra que suas mães praguejem, e que se por acaso acontecer, pra eles nunca esquecerem de tal fato e lutarem durante suas vidas para que a praga não se realize. Porque vai se realizar.

Abraços!

Gill Nascimento

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

13 Comentários

  1. Hahahahahaha ótimo! Praga de mãe pega mesmo!!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  2. “E como se as mulheres ao se tornarem mãe, Deus lhes dessem o direito de realizar 1 desejo sobre os seus filhos (no caso uma praga).” E essa é exatamente o tipo de frase que deveria ficar gravada na história. Estampada, num outdoor bem grande. Por que não há verdade maior na terra do que essa!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  3. Deise

     /  22 de julho de 2015

    Não creio!! Fiquei esperando exatamente a praga q sua mãe lhe havia rogado e com o final catastrófico q não teve kkkkkkkkkj

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  4. Praga de mãe pega mesmo! Mas bom aprender a dica, se um dia eu vier a ser mãe, vou concentrar todos meus esforços em apenas uma praga hahaha

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  5. Bem, o dito que eu conhecia era com madrinha… Mamãe não joga praga em filho! Até com os ovelhas negras… O que elas fazem é dar bons aconselhamentos, nos levando a refletir. Mesmo com aquele que parece gostar menos…

    Enfim, o bom é que levaram vocês a serem bons pais! Mais atuantes na educação dos filhos, assim como a deixarem um canal aberto em confiar.

    🙂

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  6. grupolfagviagens

     /  22 de julho de 2015

    Suas postagens são bem agradáveis. Parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  7. hahahha, adorei o final! :’)
    sorte sua que as pragas não pegaram em você, espero que nenhuma pegue em mim também, porque olha.. como escuto kkk
    Beijo.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  8. Concordo que palavra de mãe é forte.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: