Vivendo um filme…

image

Você já parou pra pensar que o futuro, que era ficção nos filmes de antigamente, já chegou? Ao menos grandes partes.
Quem aqui, como eu, tem idade o suficiente para ter assistido em 1989 o filme “De volta para o futuro II”, e ficou na época apaixonado pela possibilidade do desenvolvimento tecnológico alcançar tais patamares, então lembrou muito bem disso recentemente, quando a Lexus apresentou ao mundo seu Skate flutuante.
O Lexus Hoverboard usa a levitação magnética para se deslocar sem atrito com o piso. Supercondutores resfriados por hidrogênio líquido combinados com imãs permitiram tal feito.
Eu fico pensando até onde essa história vai, o que mais que vimos em filmes vai se tornar realidade? Porque dá um pouco de medo. Quem aqui lembra do filme “A.I. Inteligência Artificial” com Haley Joel e Jude Law, ou “Eu Robô” com Will Smith? Ou mesmo o recém lançado “Exterminador do Futuro”, vai entender a parte do medo que estou mencionando.
Por mim podem lançar Skates, carros e trens magnéticos, podem lançar identidades eletrônicas por meio de chipes implantados em nosso corpo, vou adorar se inventarem o transporte eletrônico de matéria, vou amar se arrumarem um jeito de colonizarmos outros planetas, mas pelo amor de Deus Pai, robôs com cérebros capazes de aprender e de se adaptarem, não.
Pra tudo nesse mundo tem limites, e acho que a inteligência artificial deveria estar fora dos limites, afinal, acho que ninguém quer viver em uma “Matrix”.
Agora já está na hora de os cientistas acharem maneiras de prolongar a vida humana, mas nada do tipo como no filme “O Preço do Amanhã” com Justin Timberlake, em que literalmente o tempo é dinheiro, tremo só de pensar nessa possibilidade.
Seria bem legal viver até os 500 anos, e ter 30 anos de idade durante pelo menos uns 40 anos.
Mas já que estou citando tantos filmes, volto ao “Matrix”, aquilo de aprender as coisas via cabo USB é bem interessante. Quero ser cobaia quando inventarem uma maneira de passar experiências e ensinamentos por meio de um cabo de dados ligado à um computador.
Lembro que no ano passado fui numa feira tecnológica e que quase surtei com um capacete de realidade virtual. Na hora lembrei do filme “O Demolidor” com Sylvester Stallone, e com isso me veio outro temor, o de que virtualizem o sexo, pelo amor de Deus, isso não, tudo menos isso.
Tem gente lendo e pensando que eu deveria estar me preocupando com o fato de as máquinas estarem tomando os empregos dos humanos. Gente, isso acontece desde que eu me conheço por gente. Na verdade eu me preocupo sim, mas enquanto a criatividade for uma exclusividade humana, não corremos tantos riscos!

Abaixo um vídeo oficial do Lexus Hoverboard em ação!

Anúncios
Deixe um comentário

4 Comentários

  1. Hahhah olha, eu gostaria de viver por aí com uns robôzinhos para fazer alguns serviços mais domésticos (já quero escravizar os robôs kkk) mas no momento que estes fossem “racionais”, não haveria mais limites e daí.. já era! 😛 mas eu adoraria poder me teletransportar por aí, com apenas um aparelinho, ia me fazer na vida.. Algo um pouco mais fictício, mas adoraria um vira-tempo da hermione também, do harry potter haha
    Beijo e boa semana! o/

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  2. Adorei as citações de filmes! Como cinéfila de carteirinha, viajei na memória lembrando dos roteiros e em como eu fantasiava sobre o futuro. Demais!

    Curtir

    Responder
  3. Eu queria ficar nos 30 anos por pelo menos mais 40 anos…rsrsrs

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  4. Se você, ou eu, ou meu vizinho, minha mãe e etc ficar preocupado, tudo bem… pode ser ruim! Mas quando o Fuckingpower Cientista Stephen Hawking tremeu nas bases com a ideia de Inteligência Artificial, aí… ferrou-se! kkkk

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: