A evolução da nossa infância…

image

Eu sei que vocês já notaram que eu gosto de escrever sobre minhas loucuras aqui, mas acreditem, não tento promovê-las, apenas gosto quando aparecem comentários de pessoas que se identificam e possuem as mesmas manias loucas que eu.
Com 110 artigos aqui no Blog e 1010 comentários, já estou psicologicamente mais tranquilo, pois sei que se eu for parar num sanatório, encontrarei muita gente legal e de bom gosto por lá. (risos)
Ontem estava escrevendo um texto a pedido de um colega Blogueiro, o primeiro aqui no Blog a me sugerir ou pedir um texto sobre um determinado tema, acho que ele foi o primeiro, na verdade, a ler a Página ”Ei você aí” aqui do Blog. Enquanto escrevia, comecei a pensar na minha própria evolução, de minha infância até o presente momento, e cheguei a conclusão de que apenas troquei as minhas manias e as minhas preferências, e que continuo sendo como quando era criança.
Minhas manias e loucuras evoluíram e amadureceram comigo.
Lembro que quando era um pirralho, e andava com os joelhos ralados e descalço pelas ruas do meu antigo bairro, tinha fraquezas por sons específicos.
Um bom exemplo é que não conseguia ouvir um amiguinho gritar chamando pra uma “pelada”. Cresci. Continuo com a mesma mania, mas ela evoluiu comigo, e agora as tão amadas “peladas” deram lugar para as “geladas”.
Lembro que quando era criança não podia ouvir a música de abertura dos Cavaleiros do Zodíaco, eu corria pra sala e sentava no sofá, até meus pais respeitavam esse horário e diziam que era meu. Essa mania também evoluiu, agora não posso ouvir o a abertura das minhas séries prediletas, me jogo no sofá como uma criança e só levanto quando acaba.
Outro som que foi marcante em minha infância e que também evoluiu comigo, foi o som do despertador, lembro que sempre que ele despertava pra eu poder levantar e me arrumar pra ir pra escola, eu enfiava a cabeça debaixo dos travesseiros e começava a choramingar que não queria levantar. Faço isso até hoje. A diferença é que hoje em dia ele toca pra eu ir trabalhar.
Quando era mais novo, o som da voz da minha mãe, gritando no portão de casa e contando de 1 à 10, ameaçadoramente, me fazia voltar pra casa correndo. Hoje isso ainda funciona, mas também evoluiu, hoje em dia ela me liga nos sábados à noite, perguntando onde estou e se estou bebendo, e se a resposta não agradar, ela ameaça ir passar uns dias na minha casa, e é nessa hora em que eu vou embora.
Quando era moleque, não podia escutar o barulho de uma garrafa de refrigerante sendo aberta, eu corria na direção do som, como o animal preso que corre na direção da liberdade. Esse som também evoluiu. Hoje em dia não posso escutar o som de uma rolha sendo sacada, já vou logo verificar se é vinho que está sendo servido.
Já adolescente, o som que me hipnotizada era a voz da minha irmã, na época uma bebê de 2 à 3 anos, e era, e ainda é, minha paixão, hoje em dia é a minha filha que detém esse poder.
A gente cresce, e tudo evolui com a gente, tenho medo de descobrir que minhas loucuras vieram evoluindo da minha infância para cá.
Ou será que sou eu que não amadureci tanto assim?

Gill Nascimento

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

25 Comentários

  1. Amadurecer é bom, mas é melhor ainda quando conseguimos manter um pouco da nossa infância acessa, acho que isso não tem preço 😉 haha
    Bom dia! :*

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  2. Me identifiquei muito com seu. Ri sozinha quando lembrei da voz da minha mãe me chamando com o chinelo. kkkk. Lindo seu texto. Parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  3. Bom dia Gil, belo texto!! Acredito que a gente cresce e evolui sempre, mas a essência mágica da criança interior permanece conosco, ainda bem. Tenha um ótimo dia! E que essa sua criança interior permaneça na sua vida!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  4. Que bonito, realmente a gente amadurece e não da atenção aos detalhes, na verdade existe uma criança dentro de nós.
    http://www.charme-se.com

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  5. Hoje minha passagem é super breve, Gil… Marquei você em um TAG de música. Uhuuuu! 🙂
    Quando sobrar um tempinho passa lá no Blog para conferir!

    Desculpa atrapalhar os coments do seu post.

    HuG!
    http://www.andrehotter.com
    👻 Snapchat: andrehotter

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  6. Nossa agora você foi longe cavaleiros do zodíaco que saudades haha…Eu como você agora não posso escutar o barulho do vinho que saio correndo, amadurecer faz parte da vida neh, mas o verdadeiro eu nunca amadurece..Bjus

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  7. Como diz o ditado de médico e louco todo mundo tem um pouco Gill, fique tranquilo que de perto ninguém é normal. Esses sons e as suas lembranças também são as minhas lembranças. Tirando a parte da filha que eu não tenho ainda mas fico babando o meu sobrinho mesmo de longe. O tempo passa e o que a gente mas sente falta são essas pequenas coisas da nossa infância. Uma época que a gente era feliz e não sabia. Me empolguei tanto com o assunto que estou escrevendo compulsivamente.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  8. É tão bom lembrar da infância né Gil?
    Momentos preciosos. A sua infância me fez sentir saudades da minha… eu tocava a campainha das casas e saía correndo… Bons tempos!
    Quando a gente cresce tem coisas boas ao nosso alcance, mas se perde tanto da magia… por isso que eu SOU ETERNAMENTE CRIANÇA Ehhhhhh!
    Bjos 😙😚😘

    Curtir

    Responder
  9. Valeu pelo texto, cara! E realmente Cavaleiros é fantástico, tanto é que é o único desenho que ainda hoje me pego vendo no YT, nem que seja pela trilha sonora top

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  10. Oi, tudo bem? Meu grupo de TCC e eu estamos realizando uma pesquisa para o trabalho de conclusão de curso.
    O assunto é sobre compra de fraldas infantis. Teria como nos ajudar respondendo e divulgando ao questionário por favor? http://goo.gl/forms/Gy0zd9CMrW

    Obrigada!

    Curtir

    Responder
  11. Oi, Gill! Adorei o seu blog e o seu texto!!
    Abraços.

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: