Persistência × Insistência

image

Desde que me conheço por gente que corre atrás daquilo que deseja, tento entender a diferença entre persistir e insistir.
E querem saber de uma coisa?
Estou em dúvida se consegui ou se nunca nem cheguei perto.
Mas vamos imaginar que consegui entender a diferença.
Vamos começar deixando de lado os termos técnicos do significado de cada palavra, pra mim, persistir é simplesmente não desistir. É não perder a fé, não deixar de lutar para obter ou conquistar algo.
Por outro lado insistir é a mesma coisa, só que deixando de lado a razão. Insistir é continuar tentando conseguir conquistar ou obter algo, mesmo que tudo ao redor cuspa na nossa cara a realidade de que não iremos conseguir. A insistência é quase um atestado de idiotice de nossa parte, em alguns casos.
Falando sobre isso com um amigo, ele concluiu que tudo isso nada mais é do que mais uma obra do nosso cérebro e do nosso coração. Sabem aquela clássica fantasia do anjinho nos aconselhando num ombro, e um diabinho aconselhando no outro?
Cérebro vestido de branco e com auréola e asinhas brancas, coração vestido de vermelho e com chifres e cauda.
É uma maldade tal representação, o coração não é um diabinho que quer ver nosso mal, ele é apenas burro mesmo.
Seria mais justo que num ombro tivesse uma versão inteligente e responsável nossa, e no outro tivesse a nossa versão criança, teimosa e que não consegue entender quando algo não é possível.
Nossa versão consciente, e nossa versão inocente.
Nossa versão realista, e nossa versão otimista demais.
Eu me considero um realista, quase um pessimista.
Todo mundo se considera assim.
O problema é que enquanto num ombro o cérebro sussurra o que é certo a fazer, no outro ombro o coração grita no nosso ouvido palavras de incentivo e desafio, que sempre acabam nos idiotizando e nos fazendo insistir em algo.
Acho que às vezes, quando conseguimos aquilo que queríamos, com o resultado de nossa insistência, é até bom, o problema é que depois de enfrentar tantas coisas pra conseguir, enquanto insistíamos, quando enfim conseguimos, já mudamos, estamos quebrados por dentro, e nem conseguimos mais aproveitar o sabor da vitória.
No final é inevitável a pergunta: “Será que valeu mesmo a pena?”.
De novo penso na teimosia infantil. Sabe aquela mania que tínhamos de fazer showzinho implorando querendo algo de nossos pais, pra depois receber e no final enjoar daquilo em menos de um mês?
Se pararmos pra pensar, é quase isso que acontece.
Algumas vezes insisti tanto em algo que, no percurso me machuquei bastante, mas continuei lutando. No final? Bem, no final até consegui, mas o gosto da vitória não foi tão bom quanto eu imaginei. Tudo que eu mais quis naquele momento era ainda ser o “filhinho” da minha mãe, e ter ela me dando um sermão de duas horas e quem sabe umas boas cintadas, pra quem sabe eu aprender e não fazer de novo.
Sempre têm aqueles amigos que tentam abrir nossos olhos, mas também sempre tem quem diga que não devemos ser covardes e desistirmos. Adivinha pra quem acabamos dando ouvidos?
Sim, sempre ouvimos aquelas pessoas que dizem que desistir seria covardia de nossa parte.
Me pergunto onde essas pessoas estão quando estamos pensando em desistir de algo válido, que vale nossa persistência e não precisa da nossa insistência. Porque nessa hora essas pessoas desaparecem.
O pior é quando essas duas palavras se unem na atuação em nossa vida, pior porque elas sempre se unem da maneira errada. Dificilmente insistimos em persistir, mas persistimos em insistir com muita facilidade.
E se estão se perguntando, a resposta é sim, estou passando por um momento da minha vida em que ando insistindo demais em algo que insiste em não me fazer bem.
Hoje decidi desistir de persistir em insistir.
Se não der certo vou pra casa da minha mãe levando um cinto bem grosso de couro.

_

Gill Nascimento

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

25 Comentários

  1. Eu tô numa fase de insistir muito também, e já sinto que quebrarei a cara. A gente acaba nunca escutando a razão. Se nada der certo, preferiria escutar um sermão da minha mãe, mas sem o cinto grosso hahaha
    Boa semana!!!
    :**

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  2. Olha Gil… eu sou campeã nisso em insistir em coisas que todo mundo diz que não vai rolar. Mas, dependendo da situação só quem vive pode dizer se não vai valer a pena. Eu nunca me arrependi de ter insistido em algo e as vezes sinto é que devia ter feito melhor. Mas, há um velho ditado que diz que nem sempre ganhar é o melhor, as vezes só precisamos olhar melhor pra perceber qual foi a conquista, que muitas vezes nossa conduta e educação recebida estabelece um “resultado” e precisamos estar atentos para compreender as diferentes formas de ganhar… E se for na área de relacionamento ai as coisas complicam ainda mais… rs Mas, caso amanhã queira tornar a insistir, não sinta-se envergonhado… as vezes perder é ganhar…

    Abraços… e ótimo início de semana.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
    • Aí esta a diferença Lay, entre insistir e persistir, persistir num sonho é válido, isso torna qualquer insistência, sem demasiados sacrifícios, em persistência, e em algo de valor, mas insistir em algo que te machuca no processo destrói toda a validez do ato… nesses casos entrego na mão de Deus, se der certo, ótimo, se não der, maravilha, não corro atrás e não sofro tanto 😉

      Curtido por 1 pessoa

      Responder
  3. Já insisti mais do que persisti. Agora eustou na fase de persistir, devido ao meu tratamento de transtorno bipolar.
    Ótima postagem, parabéns.
    Um grande abraço.
    Alex

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  4. Insistir é sempre muita burrice, porém, é possivel aprender quando se faz isso. Eu fiz, vejo que deixar de lado e seguir minha vida foi a melhor coisa depois, mas eu precisei aprender algumas coisas, preciseis insistir para crescer, e hoje não me arrependo.
    Saí de uma situação muito melhor do que se tivesse apenas desistido.

    Gil, o texto da lindo e parece escrito pra mim ❤ rsrs…

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
    • Que bom que gostou May, meio que estou numa situação parecida, agora só estou deixando de insistir e deixando acontecer, se for pra ser, maravilha, senão a dor vai ser menor sem a minha insistência, já que insistir geralmente dá mais volume à ilusão,,,

      Beijos

      Curtir

      Responder
  5. Se tudo na vida fosse fácil, não teria graça, e se formos analisar o aprendizado que vem com essa constante luta, nos tornamos no final pessoas melhores com certeza!

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  6. Passamos por muitas fases na vida que sempre achamos que vale a pena insistir e persistir. Isso pra mim se chama Esperança que é aquele velho ditado: A esperança é a ultima que morre. Beijinhos Gillll

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  7. Nunca tinha me feito esse questionamento.
    Aliás, nunca sequer pensei na possibilidade de que a minha persistência pudesse na verdade ser insistência. Devo rever meus conceitos de resistência eeheheh
    Enfim, concordo que tem uma hora que nós mesmos percebemos que é hora de parar. Sonhos são sempre uma motivação, quando não a única coisa que nos mantém de pé, mas, às vezes, até mesmo eles são inviáveis.
    Analisando bem, acredito que o que você disse sobre lutarmos tanto para conseguir até que quando conseguimos o sabor da vitória não é o mesmo. Isso é insistência, tanto que nosso coração já se acostumou a precisar daquilo, mas quando acontece nosso cérebro percebe que não precisava tanto quanto achava. Louco Né?
    Excelente post. Vou dormir pensando nisso, quem sabe eu encontro um ponto de equilíbrio entre os dois e se não achar vou chorar mesmo e ir dormir na cama da minha mãe ehehehehe
    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  8. Porque quero dar tchau a melancolia, prefiro ficar bêbado mesmo kkkkkkkkkk

    Curtir

    Responder
  1. 504812345678950458 | Biólogo31 www.wwf.org.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: