Placas

image

Estava um dia desses em um shopping sem nenhum motivo especial, e ao ir embora, quando me dirigi à saída que me era melhor para chegar ao meu carro no estacionamento, havia uma faixa bloqueando-a e uma placa de aviso de piso molhado.
O engraçado é que a porta continuava aberta, então simplesmente pulei a faixa e fui embora, pois a ideia de me dirigir à outra porta não me agradava muito.
Então comecei a pensar no quanto não respeitamos placas de aviso, e que quando respeitamos é meio à contra gosto. Comecei a imaginar como seria o mundo se todas as placas de aviso fossem respeitadas.
Acho que eu sempre teria uma placa pendurada em meu próprio pescoço, minha vida seria tão boa.
Quando estivesse andando na rua, com pressa e sem paciência para conversar, usaria uma placa escrita: “Essa pessoa encontra-se ocupada no momento, tente mais tarde.”
Afinal, sempre aparece magicamente alguém nesses momentos, agindo como se não nos visse há anos, querendo conversar, saber das novidades, de como anda a família e até como vai nosso cachorro.
No dia em que meu bom humor resolvesse não trabalhar, e o mau humor estivesse fazendo hora extra, e qualquer contato muito próximo fosse um perigo aos demais, penduraria uma placa escrito: “Cuidado, perigo, não perturbe.”
Afinal, ausência de bom humor não significa ausência de bondade no coração, e nem que eu deixaria de me preocupar com o restante do mundo.
Em dias de ressaca no trabalho, em que o mundo estivesse girando tanto ao meu redor, ao ponto de eu querer sentar na calçada e esperar minha casa passar na minha frente, pra eu entrar e dormir. Colocaria uma placa com os dizeres: “Se quiser bem feito, venha e faça.”
Afinal, não posso deixar que minhas farras atrapalhem no desempenho da empresa, e odeio decepcionar as pessoas, apesar de ser bom nisso.
E sempre que as pessoas precisassem, e até dependessem do resultado de ações minhas, usaria uma placa bem grande escrito: “Favor manter a ansiedade sobre controle, e não esperar grandes coisas.”
Pois se é pra esperar algo, que esperem o descontentamento e a decepção, que são mais prováveis e mais fáceis de produzir.
Quando eu estivesse próximo de pessoas falsas, e que gostam de se aproveitar dos outros, usaria uma placa em negrito escrito: “Apesar da carinha de bebê, essa pessoa não nasceu ontem.”
Esse tipo de gente nem precisa pedir distância, se eles percebem que não vão conseguir nada, voluntariamente se afastam.
E quando estivesse num ambiente de pessoas legais, inteligentes, agradáveis e de bom coração, usaria uma placa gigante escrito numa letra bem bonita: “Vagas aqui ao lado.”
Porque infelizmente vivemos num mundo onde pessoas ruins sempre se aproximam, mas pessoas boas sentem receio de se aproximar, justamente por medo das pessoas ruins, que geralmente não são tão fáceis de se identificar.
Mas se tem uma placa que eu sempre usaria, acho que seria uma escrito bem assim: “Coração em reforma, desculpe o transtorno.”

_

Gill Nascimento

Anúncios
Post anterior
Post seguinte
Deixe um comentário

37 Comentários

  1. Ótima analogia Gil… estava tão enrolada que senti falta de sua forma animada de tratar os mais diversos temas…

    Beijocas

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  2. Pois é… e eu carrego uma placa dessa comigo tatuada no peito… rs

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  3. Amei este texto..na verdade acredito que somos placas ambulantes sim, e transmitimos no nosso semblante e até no tom de voz muita coisa.O problema é que muitos são analfabetos no quesito sensibilidade e compreensão,outros estão correndo demais para observar as placas,e há aqueles que não lêem as nossas porque estão muito mais ansiosos para que leiamos as suas próprias;geralmente só os que nos amam de verdade leem nossas placas com calma e percebem as verdadeiras intenções e sentimentos contidos nelas.
    Bom dia.

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
  4. Adorei!!! 😂 Eu usaria uma todos os dias, pela manhã “Tente mais tarde, ainda não acordei!” 😂

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  5. Adorei cada placa e adotaria todas….
    Espero que a placa que você usaria perto de mim seria a das vagas kkkkk…
    Mas, a última placa com certeza seria a minha fixa.
    Texto maravilhoso como sempre. ☺

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  6. Quem não tem o coração em reformas? Mas não custa avisar, o problema é que atrai aquelas pessoas não tão boas que não possuem a placa “Não tenho coração”. rsrs E que história é essa de sempre decepcionar? Decepção depende da expectativa de alguém e a culpa não seria sua. Certo?Ao menos sempre tem muitos comentários por aqui e todos parecem gostar. Eu adoro, o que pode acontecer é de não concordar, mas aí não é decepção, é a vida. Viva a diversidade!!!! Beijo 😉

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  7. Adorei o texto, minha placa seria: metade de mim é amor…a outra também, não tenho tempo pra dores, desamores, tristezas, o que a vida quer da gente é coragem, pra enfrentar as dores, as tristezas e desamores. Não há nada de errada em amar, o problema é que nem todo mundo sabe, portanto prefira o tempo colecionando histórias de amores, do que curtindo dores por quem não sabe amar.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  8. Acho que eu usaria uma assim para pessoas chatas: “Passa amanhã depois da novela” kkkkkkk ABS

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  9. Adorei o texto. Eu no momento usaria a placa “Calma!! Eu chego lá”! Bjs

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  10. Tatiana

     /  4 de novembro de 2015

    Que texto maravilhoso! O final dele é sensacional!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  11. Bacana essa sua forma descontraida de colocar suas ponderações cotidianas. Acredito que a placa que combinaria comigo seria “Em manutenção”, devido o meu constante processo de aprendizado e reformas comportamentais. Abraços!!!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  12. Placas são indicativos de consciência burra que quer ensinar a você o que você não quer aprender.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  1. 504812345678950458 | Biólogo31 www.wwf.org.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: