E que tudo mais vá pro inferno…

image

Sabe quando você acorda e sente que sua alma não está em seu corpo, como se ela tivesse te abandonado, e levantar da cama, de repente, se torna um dos afazeres mais difíceis de sua vida?
Sabe quando tudo que você consegue pensar é, ou no seu sofá ou na sua cama, como se mais nada existisse ou importasse num mundo que não te agrada nem sequer um pouco?
Aqueles dias em que você tenta relaxar, mas o simples toque do telefone já te faz amaldiçoar a pessoa que ligou, antes mesmo de ao menos saber quem ela é.
Aqueles dias que parece que Deus tá jogando basquete, e usando o planeta terra como bola, você não consegue se situar, se focar, e fica como se estivesse sem plumo.
Sabe aqueles dias em que você parece ter perdido o controle sobre suas pernas, suas mãos denunciam um falso nervosismo, sua testa demonstram um falso calor com gotas de suor que se negam em se ausentar?
Sabe aqueles dias em que tudo que você queria era voltar a ser criança e ter sua mãe por perto, pra cuidar de você, e aparecer com um daqueles xaropes ou remédios milagrosos que elas sempre têm escondido em algum armário de casa?
Aqueles dias em que pode ter todas as suas comidas e goluseimas prediletas em casa, esperando para serem devoradas, mas ainda assim, só em pensar nelas seu estômago já reclama em negativa.
Aqueles dias em que a mais simples tarefa cansa, o ato de pensar te deixa exausto, abrir os olhos causa dor, erguer a cabeça causa tontura e olhar pra baixo te faz querer deitar.
Sabe quando surge de repente um sentimento de patriotismo, e você fica imaginando como deve ser vantajoso e prazeroso deitar eternamente em berço esplêndido, ao som do mar e à luz do céu profundo?
Sabe quando nada te agrada, quando as cores são coloridas demais, a luz é clara demais, a casa é quente demais, a rua é barulhenta demais, as pessoas são insuportáveis demais, e pra você só sobrou o azar demais?
Aqueles dias em que tudo que você queria era estar num templo de meditação, em alguma montanha alta do Tibete, rodeado de monges mudos, e o som mais alto ao seu redor seria do vento batendo nas paredes.
Aqueles dias em que o único som audível que sai da sua boca é o trecho da música do Roberto Carlos que diz: “E que tudo mais vá pro inferno!”.
Sabe quando você amaria ter o poder da telecinese, para que tudo que você quisesse viesse até você apenas com a força do pensamento? Claro, se isso não viesse a te cansar ou dar muito trabalho.
Sabe quando tudo que você mais queria é ser a última pessoa na face da terra, para extinguir as responsabilidades, ou ser um idoso e viver numa casa de repouso, ou ainda mais extremo, gostaria de estar morto, só pra não ter que levantar?
É hoje estou assim.
E tem gente que pensa que é fácil escrever os artigos para os Papos de Bar.
É bem divertido, mas as ressacas judiam sem dó nem piedade!

_

Gill Nascimento

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

26 Comentários

  1. Todos nós temos esses dias… Acho até que são necessários. Nesses dias, meu refúgio é dormir.

    Um super beijo!

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  2. Seus textos estão cada vez melhores e, para o prazer de um sistemático feito eu, cada vez mais bem escritos.

    Parabéns e melhoras etílicas.

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  3. Reflexões necessárias para a devida retomada dos propósitos. O mundo é um lugar muito estranho indiscutivelmente ( eu também ). Sou feito a esse tipo de coisa o tempo todo Gil. Gostei pacas!

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
  4. Tem dias que acordamos e vemos que nem tudo é o que parece que todas as flores murcham só de você olhar para elas,Afinal este é o mundo que temos , então oque nos resta é nos adaptar a ele , Gostei muito do texto.
    Tenho uma auto ajuda tambem da uma conferida sem compromisso : https://escolhasperfeitasblog.wordpress.com/2015/11/12/como-nao-ser-um-merda-nessa-porra-de-vida/

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
  5. Só eu lembrei do Roberto Caros logo de cara? Eu já vinha comentar que tá revoltado ou então acordou de ovo virado. Já que é só ressaca então deixa pra lá. Fique de molho mesmo que já já passa. kkkkkkkk

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  6. Vivo esses dias sem ressaca mesmo kkkkkkk
    Concordo com você e aliás admiro você por isso, escrever não é fácil e encontrar inspiração para todos os dias é coisa de mestre.
    Continue sempre assim Gill trazendo textos magníficos para nós.
    Um fim de semana cheio de luz…
    Beijossss

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
  7. Deus jogando basquete e usando a Terra como bola. Adorei isso

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  8. Eita Gil, pare de escrever tão bem. Assim não dá! kkk mentira, não pare não. Não sei ser uma tiete muito boa, mas acho tudo o que você escreve tão sensacional, bem humorado, coerente, tudo faz um sentido danado, sério. Parabéns, mesmo 😉

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  9. Rssssssssssss…. 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  10. Até o meio estava em dúvida se era ressaca ou Zica. rsrs Tenho esses dias mesmo sem beber. Não teria, nem que tivesse forças, um eufemismo pra ressaca que você não tenha usado aqui. Quanto ao telefone, eu sempre amaldiçoo, sempre. Odeio telefone. Entendo e compactuo com sua dor. Melhoras querido…vai passar. rsrs
    Beijos e uma excelente semana. 😉

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  11. Escreveu pra mim né? haha
    Normalmente eu tenho uma semana todinha assim , qualquer coisa te irrita, e você só quer ficar dentro de um quarto escuro sem ouvir a voz de ninguém !!!!
    Adorei
    Um Beijo ❤

    Curtir

    Responder
  12. Duas assim fazem parte do nosso cotidiano !

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: