Dois amores

image

“Na dúvida entre dois amores, é sábio descartar os dois. Pois se fosse amor não haveria dúvidas!”
Mentira, ao menos na minha opinião.
Acredito ser possível sim que se ame mais de uma pessoa. Afinal, você ama seus pais, não é mesmo?
Alguns dirão que é um amor diferente, mas não é. Amor é amor. Vontade de trepar é outra coisa.
Amor, numa definição minha, é aquela disposição à defender o objeto amado de todo e qualquer mal existente no mundo.
Logo, pense comigo, quantos são os objetos na sua vida que se enquadram nessa análise? Seus pais, seus cachorros, seus amigos, seu carro, seu twitter… Isso mesmo, amor é amor, independente do objeto.
E há sim a possibilidade de se amar mais de um objeto ou mais de uma pessoa.
Lembro-me que, certa vez, sai com uma menina e, logo no primeiro encontro, ela decidiu falar sobre meus relacionamentos anteriores (pra quem não sabe, namorei duas vezes) e, fez a pergunta que não deve ser feita à um homem sincero, a menos que aguente a resposta: “Você ainda sente algo pelas suas ex namoradas?”
“Sim, eu as amo”
E ela começou a chorar, perguntando como eu tinha coragem de trepar com ela e depois falar isso. E a resposta foi mais simples ainda.
“Nós transamos por estarmos com tesão. Nós não fizemos amor. Eu não sei se você já teve a oportunidade de fazer amor com alguém. É algo diferente. É algo que não é simplesmente físico. Existe uma conexão espiritual. Mas, quando eu digo que as amo, significa que, no momento que elas precisarem de mim, elas podem me chamar. Não pra sexo, pra dar uns amassos, nem nada do tipo, mas se um pneu furar, e eu estiver na cidade, eu irei. Isso é amor.”
Ela fingiu que entendeu, mas percebi que aquilo não iria durar. Afinal, ela nunca foi amada. E, deveria estar procurando um amor virgem.
Já em relação á um relacionamento, eu tenho minha visão. Eu, apesar de cafajeste, sou monogâmico.
Se você está em um relacionamento, pra mim, tem que ser com uma pessoa só (eu já traí e não é legal, você troca o amor pelo tesão). Todavia, é óbvio que você pode acabar amando outra pessoa. Amá-la pela forma que ela te trata, pelo jeito como ela sorri das suas bobagens e etc. A única dica que eu dou é: ao invés de achar que ama as duas pessoas, veja apenas se você não está usando uma, para lhe dar o que a outra não consegue. E, se sim, reveja suas escolhas.
Você não vai deixar de amar a pessoa por não estar com ela. Você apenas irá amá-la o suficiente para não enganá-la num relacionamento, ou para que ela possa receber de outra pessoa, um amor que você não é capaz de dar.
Sendo assim, pra finalizar, vou usar uma frase da Poliana Azevedo: a verdadeira paz você encontra quando descobre que precisa apenas de dois amores para ser feliz: o próprio e o de Deus.

_

Abiezer Lopes

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

27 Comentários

  1. Lindo seu texto, Abiezer…
    E eu concordo, embora ache muito difícil dizer assim de forma franca, como você. Porque as pessoas não entendem. Mas eu acho de verdade que as pessoas importantes de nossas vidas continuarão sendo amadas, apesar da distância, apesar do relacionamento ter acabado.
    Obrigada por seu texto sincero e tão lúcido!
    Um ótimo dia!

    Curtido por 4 pessoas

    Responder
  2. Noossaaa, que texto lindo!!! Eu amei, suas palavras falaram muito comigo. Um beijo!

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  3. Concordo muito. E, apesar de até hoje só ter vivido relacionamentos monogâmicos, acredito que é possível viver um relacionamento poligâmico (com todas as partes em acordo, lógico) em que exista amor de todos os lados.

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  4. Acho que não temos a menor ideia do que estamos falando quando o assunto é amor. A vista do meu ponto ensina que amor não é para amadores. E nós somos

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  5. Ótimo post, amor é uma coisa tão confusa porém ao mesmo tempo tão simples!
    Beijosss

    https://embuscaderomeu.wordpress.com/

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  6. Então, gostaria que houvesse tanto amor no mundo quanto se proclama. Você está certíssimo, existe diferença entre sexo e amor, ou mesmo paixão. Sempre acreditei que amor é algo que pode ser tão grande que sequer caberia em palavras. Costumo ser meio trágica e vai achar minha comparação, no mínimo, esdrúxula, mas vamos lá. Se assistiu Silent Hill, vai me entender. Foi nesse filme, por incrível que pareça, que meio que defini o que deve ser amor pra mim. Spoiler aqui hein! Quando a mãe desce ao “inferno” pra poder resgatar a filha, eu pensei: por quem eu faria isso? De coração. Por quem eu venceria tantos medos a despeito da minha segurança ou mesmo da minha alma? Trágico, como eu disse, mas foi isso. A resposta? Bem poucas pessoas e descobri que algumas que achei amar, não se incluíam ali. Parece fácil, mas não é, porque a cabeça quer dar uma resposta mas o coração outra. Então, baseado no meu método, estranhíssimo por sinal, também descobri que poderia amar outras que nem desconfiava ¬¬. Talvez, se colocar algumas aranhas no meio eu descubra que amo a menos pessoas ainda…enfim. Duas ao mesmo tempo? Claro que sim! Amor vai além disso tudo e é bem fácil confundir os sentimentos. Parabéns por amar suas ex! Deu sorte e isso é mais do que a maioria encontra ou percebe que encontrou. De todos os meus ex, e foram uns 5, eu acho, só amei a um. O resto deixaria alegremente no inferno. 😀
    Adorei o texto! 😉

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  7. Não sei se sou muito bom nisso, mas entendo que amor é dar-se por inteiro. Amor é palavra que se multiplica e se traduz, amor próprio, amor ao próximo, amor incondicional. Amor não é reação, é incorporação, tornar-se uno indiferente de quantidades envolvidas e sim de qualidades adquiridas. Amo por assim dizer, pois somente amando ainda consigo viver. 🙂

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  8. Abiezer!
    Vou falar uma coisa para você,
    Você é simplesmente um gênio!
    Nem Camões e nem Platão. A melhor definição do amor pra mim, principalmente hoje em dia é de Abiezer Lopes.
    “A verdadeira paz você encontra quando descobre que precisa apenas de dois amores para ser feliz: o próprio e o de Deus.”
    Forte abraço.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  9. Incrível o texto! E que coragem de falar isso pra mulher hein?? kkkkk Adoro os seus textos pois são super sinceros e vc consegue até nos convencer que realmente pode amar sim mais de uma pessoa! Adorei, mais uma vez parabéns, vc é muito bom no que faz! Bjãoo

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  10. Pensamentos e reflexões esplêndidos.

    Curtir

    Responder
  11. Ficou perfeito *-*
    Só hoje que vi que vocês tinham escrito, obrigado meninos.
    Eu adorei Abiezer

    Bjos

    Curtir

    Responder
  12. L’ore lo possiamo applicare ovunque e su chiunque.
    Ma l’amore non è per tutti uguali: amiamo i genitori per un acosa, gli amici per altro, un ogetto per un’altro morivo, un animale…Tanti amori fanno la vita.
    L’amore per una donna o un uomo può essere solo fisico o anche spirituale o ambedue.
    Perchè non amare solo fisicamente? Si può, la passione fa parte dell’uomo.
    Amare solo spiritualmente? Si può, è l’amore più difficile, meno usuale ma si può.
    Ma l’amore vero tra due persone comprende ambedue e tante sfumature, e se quell’amore è così non ce ne può essere altro. Uno e uno solo.
    Quello che penso è he se uno sa di non poterlo fare è meglio vivere per se stessi come si vuole, senza illudere l’altro.

    Curtir

    Responder
  13. Estou casada há 15 anos e não sei nada do passado do meu marido. Não sei e não quero saber. Ele também não sabe nada sobre mim. Nunca perguntámos nada um ao outro e assim tem de ficar. O passado serve para nos estruturarmos no presente. As nossas histórias de vida não dizem respeito a ninguém, só a nós mesmos. Devemos respeitar o outro e amá-lo como ele é.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  14. Acredito que existam diferentes formas de gostar de outras pessoas, mas o amor mesmo, só acredito que Um. Você amar uma pessoa, ter atração por outra, intenções diferentes, e como você citou, ou usar uma pra ter o que o outro não dar, enfim… adorei o post =)

    Curtir

    Responder
  15. Há 3 tipos de Amor ; o ÀGAPE que é a afinidade espiritual ; o FILEO ou PHILO que é afinidade mental e cultural e o EROS q

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  1. Dois amores | Biólogo31

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: