Ironias da escrita…

image

Desde que criei esse Blog existe uma pergunta que muitos dos leitores me fazem: “De onde tiro tanta inspiração para escrever quase todos os dias?”.
A verdade é que nem eu mesmo sei de onde tiro, ela simplesmente chega e eu escrevo. Mas é difícil manter o estilo bem humorado quando o a vida não quer colaborar.
E sabe o que é pior, e ainda assim engraçado?
A verdade é que mesmo tentando sempre manter o bom humor no que escrevo, para sempre tentar arrancar um sorriso de quem lê, os momentos mais inspiradores são os que estou pra baixo, quase depressivo.
Quem gosta de escrever pode ser que venha a concordar comigo, não existe momento mais inspirador para escrever, do que quando se está triste e pra baixo, precisando desabafar.
E vou ainda mais além.
Quando coloco minha mente para trabalhar nos meus convencionais textos bem humorados e cheio de piadinhas, preciso trabalhar bastante para que ele fique pelo menos num bom nível. Só fico satisfeito quando eu mesmo o leio e dou risadas.
Por outro lado quando escrevo um texto num momento depressivo, ele simplesmente flui de uma maneira tão natural, que já sai pronto da minha mente para o papel ou para o computador. Muitas vezes não precisam nem de correções ortográficas. Já surgem com começo, meio e fim, frases de efeito, final arrebatador, técnicas de escrita que prendem a atenção de quem lê, e tudo o mais que um texto necessita para ser lido e bem avaliado.
Sim, a tristeza é uma merda, mas pode te transformar num bom, talvez ótimo, escritor.
Pra mim isso é revoltante.
Eu particularmente e, geralmente, me recuso a transmitir textos que escrevo nos momentos em que estou pra baixo, e foda-se se eles estão ótimos ou não.
Mas sempre escrevo. Se um dia vou compartilhar ou não, isso não sei dizer, mas eles existem.
Já houve vezes em que não estava num momento muito bom e deixei o Blog sem atualização, mas nesses dias foram os que mais escrevi, dois, talvez três textos por dia, como ontem, por exemplo.
Eu adoro ler biografias de escritores, entender o que se passa na mente das pessoas que admiro, e já percebi há muito tempo que a maioria dos escritores se aproveitam desses momentos onde a alegria está em falta, para escrever, e muito.
Então chego a conclusão de que mesmo sendo fã e admirando muito o trabalho desses escritores, sou obrigado a ser diferente, pois me recuso a ser assim.
Não que eu priorize o riso, ou não goste de emocionar o leitor. Longe disso na verdade. Acho que tocar fundo quem lê, é uma das melhores maneiras de se conquistar um leitor fiel. Apenas acho que eu não preciso estar mal para alcançar tal resultado.
Então me desculpem quando houver faltas aqui no Casuísmo, significará apenas que não consegui alcançar o objetivo de escrever algo para arrancar um sorriso de vocês, caros leitores, e não que houve desleixo de minha parte.
Tenham um ótimo dia!

Abraços!

_

Gill Nascimento

Anúncios
Deixe um comentário

40 Comentários

  1. É, meu caro, eu posso falar bem sobre isso! Mas acredito que isso apenas é uma variação de escrita, você prefere transmitir risos e se eu entendi bem, textos tristes que você escreve em maus momentos você prefere guardar para si. Já eu, acredito que expondo tudo e até mais do que sinto posso confortar as pessoas de outra maneira, mostrando que elas não estão sozinhas. Eu me divirto muito lendo seus textos, adoro a sua forma de escrever e esse seu texto me fez pensar nisso. No fundo, acho que todos nós que escrevemos temos nosso jeito de confortar nossos leitores (o que é importante) e a nós mesmos também, e cada forma tem a sua beleza :3

    Um abraço!

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
    • Sim Mel, exatamente isso, é concordo com você, quando transmitimos esses textos mais sensíveis, que escrevemos em momentos mais vulneráveis, acabamos por transmitir mais humanidade que em qualquer outro momento, e sim, é um modo até mais eficaz e lindo de tocar quem lê, mas realmente tenho a preferência pelo sorriso, ou a insegurança diante desses textos, não sei, mas vou começar a postar alguns, de vez em quando!

      Tenha um dia lindo!

      Beijos!

      Curtido por 1 pessoa

      Responder
  2. On 11/26 tomorrow here in the USA we celebrate “thanksgiving” do you have a Portuguese thanksgiving day? Regards.

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  3. Ah, compartilha mesmo assim. Você pode não arrancar um sorriso do leitor, mas pode conquistar a alma que habita na beira de um abismo! 😉 Eu adoro textos engraçados, mas também adoro um texto dramático. Continue escrevendo e postando 🙂

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
  4. Super concordo Gil…
    Nos momentos mais tristes tiramos os melhores textos. Talvez por estarmos vulneráveis!
    Só não tenho essa criatividade para estar criando textos todos os dias! Pra mim é um pouco exaustivo. Mas você sempre arrasa, pode ter certeza disso! 🙂
    Ah! A cantora Adele, suas melhores músicas e todo o seu sucesso ela tirou de momentos tristes, de desilusões… Olha só! rs

    Sobrando um tempinho passa lá no blog e deixa sua marca! rs
    Tá cheio de novidades. 🙂
    http://www.andrehotter.com
    👻 Snapchat: andrehotter
    📸 Instagram: @andrehotter
    HuG!

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  5. Gil eu vejo você um excelente escritor, não te conheço pessoalmente para saber como está hoje por exemplo, mas seja você, acho que a transparência de quem escreve conquista e agrada o leitor e não se preocupe com falhas, seja você e estará sempre agradando seus fiéis leitores.. Beijinhos r fique com Deus!

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
    • Obrigado pelo carinho Fabiana, estou melhor hoje… Eu sei que a transparência cativa, eu mesmo adoro ler textos que transmitem isso, mas a verdade é que sinto como se houvesse um bloqueio às vezes quando sou eu mesmo que tenho que escrever… Priorizo o riso, mas sou transparente nisso rsrsrs, mas vou tentar aos poucos mudar isso, mudar não, acrescentar!

      Tenha um lindo dia!

      Beijos!

      Curtido por 1 pessoa

      Responder
  6. Gil… a melhor benção do escrever é transbordar o que está no coração. Feliz ou triste a escrita é uma forma de terapia pra quem ama. E, concordo com todos que a transparência é algo que cativa e desperta confiança nas pessoas. Quanto a expor as nossas fragilidades e tal eu também prefiro não fazer, pois as vezes o que penso ou escrevo num dia mal foi só desabafo e no outro dia posso querer nem ler as vezes…

    Mas, vc é uma graça escrevendo e suas intenções em nos tirar um sorriso é muito digno de respeito e carinho…

    Abraços fraternos

    Seja feliz – Adoramos você!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
    • Sim, existe aquela linha tênue entre escrever um texto mais sensível, e expor exatamente o que sente… Claro, pode haver a identificação, mas se expor nunca é fácil mesmo!
      E obrigado pelas palavras Laynne, fiquei até sem jeito…
      Tenha um lindo dia!

      Beijos!

      Curtido por 1 pessoa

      Responder
      • Acho que isso é algo da pessoa. Nunca fui alguém de sair por ai dizendo tudo o que estava acontecendo comigo. Já minha mãe conta até pra alguém na fila do banco… rs
        E como a escrita é a nossa melhor maneira às vezes para expressar, seguimos o mesmo padrão…

        P.S.: E não precisa ficar sem jeito oras… nossa blogosfera tem vida e somos quase uma família virtual.

        Curtido por 2 pessoas

        Responder
  7. Gill, você é excelente!! Tira mais de um sorriso meu todos os dias… Ontem senti sua falta e mesmo assim visitando seu blog fiquei feliz!! Tá perdoado! rsrs Bjs e um ótimo dia!!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  8. Tudo o que você falou é de uma verdade absoluta! É assustador, mas também é lindo! Escrever se tornou minha terapia, é como coloco minha cabeça em ordem.
    Mas não se preocupe em expor esses textos! Às vezes, em momentos difíceis, esse tipo de identificação é tudo que nós, leitores, precisamos!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
    • Verdade, muita gente me fala isso mesmo, e já expus alguns desses textos aqui e foram muito bem, mas sabe como é aquele sentimento de exposição e vulnerabilidade que fica nessa hora? Então rsrsrs
      Tenha um lindo dia!

      Beijos!

      Curtido por 1 pessoa

      Responder
  9. L’ironie est une attitude envers la vie ! Alors si elle fait rire, sourire… ou pas… l’essentiel c’est qu’elle ne laisse pas indifférent ! Rester soi même, c’est rester authentique. Alors continues… 😀

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  10. Ei Gil. Eu sou jornalista e sei como é ter ou não inspiração para escrever. Profissionalmente tem que escrever.. Tem dia que o texto sai bacana, tem dia que é mais ou menos né. Também já aproveitei dias tristes ou felizes para escrever livros. Sim, tentei ser escritora e cheguei a escrever dois romances que não chegaram a ser publicados, mas que de certa forma de ajudou a desenvolver os meus textos. Adorei seu post! Beijos
    http://www.uberfashionblog.wordpress.com

    Curtir

    Responder
  11. Amar a escrita mas a reciproca não ser verdadeira. E tem dias que a coisa parece não funcionar por nada! E chega realmente a ser cômico como os melhores textos saem nos piores dias.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  12. Tem pessoas que desperta na gente uma vontade de pegar umas bebidas, montar uma roda de conversa e passar o dia trocando idéias, sem nem mesmo conhecê-las de fato. Ou de fato conhece-las apenas pela grandeza de alma transmitida em seus escritos. Tenho admirado um monte dessas pessoas aqui neste espaço e você é uma delas.

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  13. Exatamente o que sinto, não tenho tanta criatividade qunto você, mas escrevo melhor quando estou triste ou me sentindo especialmente sarcástica. Quando triste fico com medo de passar muito da minha tristeza, acho que é o medo de parecer frágil, sei lá. Quando sarcástica o medo já é de ser agressiva demais e, como acontece muito, não ser bem interpretada. Conclusão: textos e mais textos presos na minha cabeça ou no rascunho do WP. Vou te falar que até pra comentar em posts, tenho meus dias. Há dias em que prefiro apenas ler e não sai uma virgula quando quero comentar. Enfim…
    Posta seus textos aqui sim, claro e óbvio que queremos ler, essa exposição pode fazer mais diferença do que imagina. Eu estou tentando, mas só tentando por enquanto.
    Poste quando achar que deve e se sente bem pra isso, mas procure não se negar esse direito quando é seu e pode ser compartilhado. As vezes se transforma em uma mega catarse e faz bem a todos.
    Bjoo 😉

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  14. É verdade, nos dedicamos mais a escrever quando estamos em estado tristonho! Mas, certas vezes, não confiamos totalmente na “linha de produção” destes momentos. Todavia, a escrita é mesmo assim, mesmo alguém bem inspirado, como você que escreve com nexo e solto, em certos momentos, necessita de alguns “ajustes”.

    Continue com suas inspirações naturais!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  15. Secondo me quando si ha voglia di scrivere lo si deve fare, è terapeutico.
    Se si vuole esprimere un periodo difficile si può ricevere aiuto, oppure dare aiuto se qualcuno è in difficoltà, poi se c’è allegria perche non condividerla? Fa bene al cuore e alla mente.
    Scvrivere è bello, si fa per noi ma anche per gli altri.
    Un abbraccio.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  16. Admiro quem escreve bem e consegue mesclar o humor na história, já tem tanta tragédia, tantas coisas tristes né! De todo modo só o fato de colocar o que tá na mente no papel já é admirável, nossa, como é difícil.
    🙂 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  17. Deise

     /  1 de dezembro de 2015

    Tão emotivo! Prazer Gill emotivo 😉
    To aqui lendo vc até o sono chegar.
    Bjs lindão!!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  18. Eu entendo. Parece que a deprê faz parte do processo criativo. No meu caso eu gosto muito de escrever sobre esperança e superar esses sentimentos que nos fazem mal. Mas não consigo até que eu tenho realmente superado.

    Os seus textos me fazem rir, refletir e organizar meus pensamentos. Adoro o seu blog!

    Letícia Monalisa, arcoirisduplo.wordpress.com

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  19. Muito bom !

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  20. Caro amigo Gil, indiquei-o para o prêmio Dardos. https://lendomuito.wordpress.com/2015/12/15/premio-dardos/
    Um grande abraço.
    Alex

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: