Limpando a casa…

image

Tem um momento em nossa vida que a gente precisa olhar bem, tudo a nossa volta, e fazer um inventário de tudo aquilo que simplesmente é inútil, de tudo aquilo que já se tornou obsoleto, daquelas coisas que se tornaram apenas enfeites e em nada somam, e mesmo como enfeites, não agradam tanto assim.
Sempre imaginei meu coração como meu lar, e como toda casa, ele também precisa de um dia destinado a uma manutenção e a uma bela faxina.
Pensando exatamente dessa maneira, vocês já perceberam a grande ironia na expressão “jogar a sujeira para debaixo do tapete”?
Porque é o que geralmente fazemos em nosso coração. Você sabe me dizer quanto tempo já faz, que você não coloca o lixo pra fora, para que ele seja logo levado embora de uma vez por todas?
Faz um bom tempo, não é mesmo? E eu não vou negar, faz um tempo que não faço isso também.
Estou pensando sinceramente em separar um dia para tirar a poeira de todos os móveis, arrastá-los, quem sabe mudá-los de lugar, varrer naqueles cantinhos escondidos, onde a sujeira geralmente gosta de se acumular e se esconder.
Depois lavar todos os tapetes e encerar bem o piso, até que meu próprio reflexo seja visto nele, como se fosse um espelho.
E não posso deixar de fora os vidros das janelas, limpá-los até que fiquem completamente transparentes, para que quem venha a olhar de fora, possa ver toda a harmonia e a paz que existe do lado de dentro.
Trocar o capacho também seria legal, talvez colocar um com uma bela mensagem de boas vindas para quem chegar contendo boas intenções, pois pessoas assim serão sempre muito bem recebidas.
Esvaziar a garagem, separar aquelas caixas velhas cheias de quinquilharias e coisas velhas que não uso mais, e que só tomam espaço, e jogar tudo fora de uma vez, sem medo de me arrepender. Porque uma das piores características do ser humano é o medo de desapegar, então ele acaba sempre guardando tudo, naquela caixa empoeirada na prateleira mais alta da garagem, muitas vezes passa a vida toda sem mexer nela novamente, mas nunca se desfaz.
Pintar algumas paredes e trocar alguns retratos, tirar aquelas fotos daquelas pessoas que gostam de ser apenas lembranças, ao invés de serem presença. Porque na minha opinião, fotos antigas, só da família, dos amigos, as fotos dos porta retratos deveriam ser renovadas ao menos uma vez por ano, nem que fosse apenas como uma desculpa boba para haver um reencontro.
Pensando em talvez trocar os móveis da sala de estar, pra receber melhor aquelas visitas queridas, sabe? Pra deixar aquele gostinho de aconchego em quem se achega, e aquela vontade gostosa de voltar.
Claro que também precisa haver aquela limpeza completa do lado de fora também, a recepção deve sempre começar na calçada, no portão de casa, e infelizmente vivemos num mundo onde a primeira impressão ainda predomina.
O resultado de tudo isso?
Bem, eu não sei. Pode ser que depois de um tempo tudo fique bagunçado novamente, e eu tenha que limpar tudo de novo, mas assim como acontece em toda faxina, a cada limpeza, menos coisas precisam ser feitas, menos sujeira é encontrada e menos lixo precisa ser jogado fora. Então acredito que todo esforço será válido. E a renovação do ambiente será muito bem vinda.

_

Gill Nascimento

Anúncios
Post seguinte
Deixe um comentário

19 Comentários

  1. SuPimPa essa predominação analógica, fica bem posicionado com a vida que lidamos. Vivemos, nos reconhecemos, mas no fim, juntamos o acúmulo daquilo que pode ser classificado, e tantos podem ser reciclados, afim de quanto temos…somos mais que injetados. Precisamos nos validar, colocar as coisas em ordem, porque aliás, sempre estaremos sujo. Mas logo, nos limparemos, em reatribuição de mais sucatas, porém são dessas sucatas, que a visão aparece, a que novamente poderão ser restaurados. Até porque, não temos um botão RESET para facilitar as coisas!! 🌾

    Curtido por 4 pessoas

    Responder
  2. danaflowers

     /  2 de dezembro de 2015

    Perfeito Gill! Parabéns!!!

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
  3. Odilar Júnior

     /  2 de dezembro de 2015

    Texto muito bom! Essa é a realidade, infelizmente. Se não pararmos para fazer uma revisão, a tendência é acumular o que é inútil e a nossa energia sendo drenada.

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  4. Esse talvez seja o maior monstro a nos assombrar… Desapegar….

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  5. Faço a faxina na minha casa umas 2 vezes por ano… e me desfaço de tudo aquilo que não cabe mais na minha vida…
    O grande problema é fazer a faxina na minha alma… e deixar ir as pessoas que não quiseram continuar como parte da minha vida…
    Será que existe uma forma de fazer isso? Ou guardamos as pessoas importantes dentro da gente pra sempre?

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
    • Que existe uma forma de fazer, existe, mas acho que perdemos um pouco de nós mesmos no processo, mas também acho que recuperamos com o tempo, mas desapegar faz parte, melhor que viver de saudade e ser a única pessoa a correr atrás…

      Tenha um lindo dia!

      Curtido por 2 pessoas

      Responder
  6. Un padrone di casa perfetto.
    Il tuo cuore sarà contento 😉

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  7. descreveu minha poesia “faxina” escrita já há alguns anos Gil.Se desejar conferir o link é este:
    http://alebarcelos.blogspot.com.br/2010/06/faxina.html

    Sim,nada mais confortante do que se reorganizar e purificar!

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  8. É a mais pura verdade, parabéns, seus textos são bem realistas e representão bem a realidade das nossas visas.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  9. É muito bom fazermos uma faxina interna de vez em quando e eliminarmos tudo q

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  10. Completando …e eliminarmos tudo o que seja nocivo para nós .

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: