As 5 Mais… Conhecendo a Família da Namorada!

image

Olá pessoal! Tudo bem com vocês?
Podem soar seus tambores mentais, que hoje é dia de “As 5 Mais”.
Hoje atendendo  ao pedido da Taís Santos do Blog Cores de Ciclâmen, tema divertido, um Top 5 do que passa pela nossa cabeça masculina quando passamos, pela primeira vez, pela situação de ter que ir conhecer a família da nossa namorada.
De cara já adianto, passam as piores besteiras. Mas vamos então as 5 coisas quero passam pela nossa mente nessa ocasião:

PRIMEIRA COISA
O Sogro.
O pai pode ser Pastor de um igreja evangélica, um verdadeiro entusiasta da paz, que ainda assim na nossa mente ele estará com uma arma na cintura, ou com um trabuco escondido num lugar de fácil acesso. E assim que a namorada virar as costas ele vai aterrorizar o nosso frágil psicológico de adolescente.
Lembro da vez que fui conhecer meu primeiro sogro, eu um adolescente de 16 anos, já com meus 1,83 de altura e 8 anos de capoeira, me tremendo de medo de um senhorzinho de 1,60, tentando imaginar quais seriam os truques que ele teria na manga, quando viesse pra cima de mim, acabar com a minha raça.

SEGUNDA COISA
A Entrevista.
Não tem jeito, as perguntas que serão feitas sempre passam pela nossa mente.
Aqueles clichês do tipo “Quais suas intenções com nossa filha?”, “O que você pretende fazer da sua vida, rapaz?”, “Você tem passagem pela polícia?”, “Com que frequência você usa drogas?”.
A gente ensaia pra responder as perguntas, gagueja na frente do espelho, e chega na hora as perguntas são outras. Sacanagem isso. (risos)

TERCEIRA COISA
A Sogra.
A gente sempre fica ansioso pra conhecer a sogra, pra saber com o que teremos que lidar, caso a relação perdure.
São grandes as chances de a filha se tornar muito parecida, fisicamente e psicologicamente, com a mãe no futuro, então é sempre bom saber de antemão em que mar estamos colocando nosso barquinho pra navegar.

QUARTA COISA
As esperanças.
Todo ser humano, mesmo jovem, sempre que pensa nas piores hipóteses, também pensa nas melhores. A gente só nunca pensa nas mais viáveis, normal isso.
Então quando pensamos que vamos apanhar ou correr de tiros de espingardas, também pensamos que as coisas podem ser ótimas ao invés disso, só que ótimas até demais.
Vem à nossa mente: “Não, besteira, a gata já falou que seus velhos são gente boa, então vai ser legal. Logo estarei me sentindo em casa, dormindo por lá no mesmo quarto que ela, tomando uma cervejinha com o sogrão sem meus pais ficarem sabendo, ele vai liberar a filha pra ficar comigo até mais tarde e quem sabe até dormir fora, e logo estarão me chamando de filho!”
Mas logo a gente abandona esse pensamento e volta pro primeiro e segundo itens desse Top 5, só que com um resumido “Tô ferrado!”.

QUINTA COISA
Correr.
Isso mesmo, a gente pensa em correr dessa situação, desistir, afinal tem tudo pra dar merda.
A gente pensa: “Ah, melhor terminar enquanto não está muito sério, isso de conhecer a família não é pra mim, sou um pegador. Mato dois coelhos numa paulada só, me livro de uma situação que não quero enfrentar, e fico disponível para o mercado novamente!”.
O problema é que a gente só pensa mesmo, mas nunca faz. (muitos risos)
Lembro que pensei isso quando passei pela situação, mas fiz a besteira de pedir conselhos pro meu pai antes de fazer. Até hoje me arrependo de não ter ouvido meu pai.
Não queridos leitores, eu não fui um covarde e desisti da minha namorada, eu fui lá e conheci meus sogros, e namoramos por um bom tempo depois disso.
A verdade é que meu pai me disse: “Sai fora filhão, não vai não, ela já tá querendo compromisso sério, você é novo pra isso, vai se divertir e ficar com quantas você puder. Deixe isso pra depois dos 25, talvez 30 anos!”.
Se arrependimento matasse…

_

Gill Nascimento

_

Não percam na próxima terça, estarei atendendo um dos pedidos da Robécia do Blog Linhas Tortas, ela sugeriu os temas “As 5 piores coisas que já comi” e “As 5 piores cantadas que já dei”, vou atender ambos, mas não juntos, então deixo por conta de vocês escolherem qual será o da próxima terça.

Anúncios
Deixe um comentário

44 Comentários

  1. Uma namorada minha me disse que a família dela era de São Paulo. Quando ela me convidou para conhecer os parentes, disse que não gostaria de conhecer o Butantan. Ela terminou comigo. Será que falei alguma coisa errada?

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
  2. Tem fases das nossas vidas que complica um pouquinho né??? …rsrs

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  3. kkkkkk. vocês me divertem. Estão pensando que é só vocês que passa mal é? Se para vocês por uma noite é difícil um sogro, imagina a gente enquanto dure uma sogra.kkkk. Nem te conto o que passa em nossa cabeça.kkkk

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  4. Adoreee kkkk acho que minha mãe é esse sogro ai hahaha.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  5. kkk Muito bom! Passamos por cada uma… Abs

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  6. rs rs Divertidíssimo lembrar hoje, né? Mas, sempre é sufoco. Mas, a pergunta… “Com que frequência usa drogas?”, foi demais… kkkk. Eu, nunca passei por isso… meus namorados se deram bem… o problema sou eu mesmo que nem levo pra casa… kkkkk

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
  7. A tensão é grande! Kkkkkk
    Meu marido observou minha mãe e casou comigo, se lascou porque eu sou o meu pai em vida!! Não na cara, mas na personalidade (do cão)! Kkkkkkkk
    O bom é que meu pai nunca foi ciumento, então meus namorados sempre viveram de boa com ele… Já eu com as sogras… Não vou nem começar senão eu choro! Kkkkkk
    Acho que as 5 piores cantadas são mais bacanas pro próximo texto!
    Beijos, Gill!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  8. “As 5 piores cantadas que já dei” kkkkk eu adoooorooo ver suas postagens rs Beijooosss

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  9. Muito bom rs Mas pra nós mulheres também não é fácil conhecer a família do cara kkkkkkkkk

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  10. Uma das mais divertidas que você já fez! auhaushuahsuhaush
    Para nós mulheres não é o pai com a arma, pra nós é a mãe kkkkkkkkkkk

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  11. Oiee, estou mais uma vez te convido para responder uma tag. Para saber mais sobre a tag pode ver no meu blog : https://sophiaoliveira19.wordpress.com/2015/12/16/tag-8-coisas/
    Beijoos!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  12. kkkkkkkk Muito bom Gil, adorei! Ri litros com a quarta (as esperanças) fecha muito comigo, eu sou sempre a que cria expectativas boas (tipo muuuito boas) e me ferro! kkkkkkk Brincadeira, até agora as famílias dos meus namorados sempre foram mais normais que a minha, então não posso reclamar 😀
    Sobre o tema da px., As cinco piores cantadas, seeem sombra de dúvidas! Abç

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  13. kkkkkkk sempre ótimo!!!! Pra nós mulher a 1 já é a sogra!!!kkkk Adorei!!! Bjosss

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  14. Gill ri demais!
    O melhor top 5 na minha opinião…. seu pai é praticamente um psicólogo kkkk conselhos phodas….
    Eu gostei do tema “as cinco cantadas que já dei” não sei pq, má acho que vou rir muito com esse tema😊
    Beijosss

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  15. Na próxima quero ver “As 5 piores cantadas que já dei” kkkkk morri de rir… adoro! Bjs

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  16. Já passei por cada uma … e passamos… Ambos passam!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  1. Direito de resposta feminino as 5 mais: Conhecendo a família do namorado! | S.O.S SrtaBrito
  2. Direito de resposta feminino as 5 mais: Conhecendo a família do namorado! | Casuísmo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: