Papo de Bar; Assunto: Festa da Firma!

image

Olá pessoal! Como vai vocês?
Hoje é segunda feira, dia semanal da minha ressaca, e dia semanal do Papo de Bar, mas isso a maioria de vocês já sabem né?
Na quinta feira alguns colegas de trabalho e eu nos reunimos para tomar umas e muitas, e resolvemos falar de um assunto comum a todos nós. A famosa festa da firma.
Se tem numa coisa que me anima quando final do ano vem chegando, é a confraternização da empresa.
Não existe nada mais divertido que a tal da festa da firma.
Tem quem odeie, mas tem quem goste, e ainda tem aqueles que gostam muito, como eu por exemplo.
Quem gosta sempre tem um motivo próprio e especial pra gostar. Como um colega que disse que adora a festa de confraternização, porquê ele se livra de possíveis processos de assédio sexual, e as solteiras sérias da empresa enchem a cara e ficam todas soltinhas, e até mesmo sem pudores. Ele adora isso.
Já eu tenho um motivo bem diferente dos meus normais momentos de diversão. A festa da firma é a única na qual vou e não bebo, ou até bebo, mas apenas socialmente, bem socialmente.
Festa da firma é aquela em que o divertido é ficar sóbrio e ver todo mundo pagar mico, e garantir um portfólio de piadas para os primeiros meses do ano seguinte.
A nossa festa foi no último dia 14. Pensa numa decepção, quando o grande manda-chuva chegou, meu patrão, e disse que não ia beber.
O que eu como um bom, exemplar e mal intencionado funcionário fiz?
Tratei de pedir para a mulher mais bonita da empresa oferecer bebidas para ele. Nunca falha.
Os chefes nessas festas, são os primeiros que devem se embriagar, e nem é pelo meu sórdido, mas muito válido motivo de arrecadação de micos alheios, mas sim porquê eles precisam estar completamente alheios aos comentários dos funcionários bêbados que, em algum momento da festa, sempre falam demais, e o que não devem.
E como em toda festa boa que se preze, tem seus personagens.
Sabe, aquele bêbado que tira a camisa e começa a rodar acima da cabeça, se achando sexy dançando em cima de uma mesa?
Aqueles que a gente sempre torce pra cair enquanto estamos gravando um vídeo no celular pra mandar, quem sabe, para as vídeos cassetadas do Faustão.
Sempre tem também aquela colega de trabalho metida, que se acha a última bolacha do pacote, que acaba bebendo um pouco demais, e o colega que ela mais esnoba acaba se aproveitando da situação.
Tem também o colega puxa saco, aquele que não fala com ninguém durante o expediente, e só menciona os nomes dos colegas na hora de contar nossos podres para o chefe.
Temos o nosso na Produtora, um colega foi obrigado a batizar as batidas fraquinhas dele com vodka, para que ele ficasse “no clima”. De repente o cara mais chato da empresa se tornou o mais legal e divertido. Compartilhou suas histórias, seus descontentamentos com a empresa, e até falou mal do patrão, aquele que ele tanto idolatra.
Se ele não esquecer, aposto que pensará duas vezes antes de falar mal de alguém para o chefe.
Gosto tanto de uma confraternização empresarial, que mesmo a nossa tendo sido numa segunda, e eu tendo que ir gravar na terça no interior de São Paulo, me diverti como se tivesse sido num sábado, e fui um dos últimos a sair.

E vocês, curtem esse tipo de festa? Já aprontaram alguma numa festa da firma?
Compartilha aí com a gente nos comentários. Quem sabe eu não copie algumas ideias para usar na festa do próximo ano, não é mesmo?

_

Gill Nascimento

Anúncios
Deixe um comentário

28 Comentários

  1. Gill
    You visit my blog every time and like things there but I am unable to understand your posts because I don’t know your language. This message is just to let you know that all your kindnesses are appreciated and I notice them, though I don’t write it. Sometimes, yours is the only ” like” I get on my posts and thank you for being there, my friend.
    Merry X’mas and a wonderfully happy new year.
    Susie

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
  2. Como apronta, kkkkkkk…

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
  3. haha festa de empresa sempre gera risadas, fofocas e chororô (de quem acaba abusando demais). Inclusive, na festa da clínica que eu trabalho rolou muito disso, e eu, mera espectadora, pude perceber a semelhança em todas as festas de fim de ano: dança e bebedeira hahahah

    Beijo Gill, boa semana! :*

    Curtido por 4 pessoas

    Responder
    • kkkkkkkk Eu sou o pior tipo nessas festas, sou aquele que nos 6 meses seguintes, não deixará ninguém esquecer dos micos que pagou!

      Tenha um lindo dia Lê, e um Feliz Natal, pra você e toda sua família!
      Aliás, tava fazendo falta hein mulher!

      Beijos!

      Curtido por 1 pessoa

      Responder
  4. Eu dou graças a Deus que na minha empresa não tem festa da firma. Só que eu não escapei dessas confraternização de final de ano. Acabei de receber o convite de uma.

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
  5. Peccato, di questo articolo ho capito poco, il traduttore non mi ha aiutato 😦

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  6. O Wanderley xavecando a Vivian foi a melhor parte, e a Mielly embebedando o chefe hahahahahaha

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  7. E ainda tem os “machões”, que na festa da empresa se entrega à “boquinha da garrafa” hahaha

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  8. Depende muito das pessoas que trabalham com a gente e onde vai ser é? Já fui obrigada a passar um dia em um hotel fazenda com um monte de gente chata, nossa contava os minutos para ir embora…..rsrs

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  9. Semana passada foi a festa da empresa onde trabalho, é loucura como as pessoas se soltam, eu particularmente gosto e acho até engraçados como aquelas pessoas que mal falam com você de repente na festa se sorridentes e falantes, um tanto engraçado. É como se nada mais importasse além da festa e diversão, gosto disso.

    Ainda mais quando vejo pessoas que nunca imaginei dançando de forma hilária kkkkkkkkkkk Sempre gostei das festas das empresas que participei, nunca houve nada que desrespeitasse ningue´m, só é triste no dia seguinte que todo mundo parece meio escondido, que coisa louca né?
    Acho que todos deveriam trabalhar com uma ou duas cervejas ou caipirinhas do lado kkkkkkkkkkkkkkk

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
    • Nos dias seguintes à festa é aquela vergonha profunda e mortal mesmo kkkkkkk eu sempre tomo alguns vinhos durante o trabalho, ajuda bastante kkkkkkk

      Tenha um lindo dia e um Feliz Natal pra você e toda sua família!

      Beijos!

      Curtido por 1 pessoa

      Responder
  10. Faz anos que não trabalho mais em empresa… Mas, realmente é um auê danado. Curtia a beça o pessoal do escritório… se divertia mais que trabalhava.

    Beijão garoto… vc eh demais viu… rs

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  11. E eu aqui achando que você ia contar como foi divertida a festa do condomínio, como você abriu e fechou a pista de dança.Mas tá valendo a festa da empresa. rsrs
    Então, não tenho muitos podres pra contar por dois bons motivos: Primeiro e mais óbvio: não me lembro de muita coisa rsrs e segundo e menos óbvio, sou a bêbada engraçada, faço a politica da boa vizinhança mesmo quando estou inconsciente. O ruim disso é que como não me lembro das minhas palhaçadas, também não me lembro das dos outros. Mas as histórias rolam através dos meses.Eu sou a rainha dos tombos. Dificilmente tem uma festa, seja de casamento ou de empresa em que eu não tenha sido devidamente registrada, levando um tombo. Quase carreguei a mesa de bolo de casamento da minha irmã na hora de cortar o bolo. Lá estava eu na filmagem, sóbria e lentamente me enroscando na ponta da toalha de mesa, o segurança correndo pra segurar a mesa (não a mim) minha irmã arregalando os olhos e minhas pernas pra cima. É o que aparece no filme. Nem me pergunte como eu fiz isso porque fiz novamente na festa da empresa ano passado e simplesmente as toalhas me amam. Tá lá, registrado, só que nessa eu derrubei alguma coisa vermelha. Sei disso porque manchou minha roupa e o único tombo do dia, foi aquele. Mas desse não me lembro bem. rsrs existem uns hiatos, mas graças a Deus me atenho aos tombos e piadas ou perturbar pessoas chatas. Adoro perturbar os chatos.Na verdade nem preciso beber pra fazer tudo isso, mas se beber…
    Agora se perguntar os maiores micos em geral, minha mãe era uma pérola.
    Bjooo Gill lindo.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: