O que tiver que ser, será!

image

A vida é curta demais para que eu fique em casa enquanto todo mundo está lá fora se divertindo. Porém ela não é tão curta assim, que eu não possa tirar um dia para descansar.
A vida é curta demais para que eu fique me privando de fazer aquilo que quero fazer. Porém ela não é tão curta assim, que eu não possa primeiro fazer o que realmente é  preciso.
A vida é curta demais para que eu fique deixando meus sonhos de lado. Porém ela não é tão curta assim, que antes eu não possa encarar minha realidade de frente.
A vida é curta demais para que eu perca meu tempo me preocupando com aquilo que só me dá dor de  cabeça. Porém ela não é tão curta assim, que eu não possa procurar um remédio.
A vida é curta demais para que eu fique gastando meu tempo me lamentando. Porém ela não é tão curta assim, ao ponto de eu não poder tirar um tempo para lavar a minha alma.
Quem nunca falou que a vida é curta demais para algo?
Eu já falei tantas vezes que nem me atrevo a tentar chutar uma estimativa.
Difícil foi perceber que na maioria das vezes eu  tornava ela ainda mais curta, quando deixava de lado o necessário, para correr atrás do desejado, quando esquecia a cura, e ia atrás apenas do alívio.
Incrível como são atraentes os atalhos, quando na verdade as paisagem estão no caminho mais longo, quando é na estrada onde a gente  costuma encontrar as lições.
Se pensarmos bem, acho que não é a vida que é curta, somos nós que possuímos uma pressa absurda de chegar.
Em muitas vezes me  senti como um personagem de um livro, e ao mesmo tempo em que sentia aquele desejo de que a história fosse bem longa, eu também sentia uma curiosidade enorme de conhecer o final.
Algumas prioridades realmente são um saco, assim como alguns desejos, mesmo que fúteis, são  necessários. Mas do que adianta correr?
É como se as prioridades fossem uma chuva, quanto mais a gente corre para fugir dela, mais a gente se molha.
Minha falecida avó, sempre que eu queria muito algo, ao ponto de ficar ansioso e achando que, quanto mais demorasse para acontecer, menos eu iria aproveitar, ela me dizia:
“Meu filho, o que tem que ser, será…”
E quando eu ameaçava soltar uma expressão, fosse de ânimo, fosse o contrário, ela completava:
“… Mas será no tempo certo! Então não corra. Ande!”
Um tio meu costuma dizer algo bem interessante também, e que se encaixa muito bem aqui:
“A vida é um espetáculo imperdível, mas não adianta você correr e chegar cedo, pois as cortinas têm hora marcada para abrir. Assim como para fechar.”
A vida não é curta, nós que não sabemos conjugar direito o verbo viver.
A vida não é curta, somos nós que cortamos seus caminhos.
A vida não é curta, somos nós que, às vezes, corremos demais.
A pergunta que fica é: Para quê?
Minha avó também dizia, que tudo aquilo que é saboreado no seu tempo certo, fica muito mais gostoso, demorei, mas comecei a perceber e entender o quanto ela estava certa nessas  afirmações.
Então ultimamente estou pouco me lixando se a vida é curta demais, seja lá para o que for, deixei de correr. Estou andando e apreciando a vista, e mesmo que as vezes eu esteja ansioso por algo, sei que no momento certo, o que tiver que ser, será!

_

Gill Nascimento

Anúncios
Deixe um comentário

42 Comentários

  1. Lembro de ter lido esse post essa semana e, num átimo, ele havia sumido; mas eis que “o bom filho à casa torna”. Me senti no enredo do George Orwell e vc estava querendo apagar a minha memória de já tê-lo visto, hahaha… Beijo

    Curtido por 4 pessoas

    Responder
  2. Amei seu texto ❤
    Posso posta-lo em meu blog? (Como sua autoria, é óbvio) 🙂

    Curtido por 4 pessoas

    Responder
  3. c’est trés magnifique!
    Tenho uma camisa que utilizei n velório de um tio meu, a frase aborda a importância de aproveitar a vida até seu fim. Ele pediu rock no enterro, assim foi feito. Ao som de Raul Seixas, entre outros artistas e uma camisa branca com uma suicide girl estampando, disse adeus.

    Nem era muito apegado ao tio em questão, mas há uma ligação por ser da família. Aprendi algo incrível naquela experiência, relembrada com essa leitura.

    Vamos aproveitar os dias, um após o outro. É bom ter metas, saber onde quer chegar, mas é preciso saber se queremos realmente aquilo que desejamos.

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  4. Nelson Branco

     /  8 de janeiro de 2016

    excelente texto Gil… e você disse numa frase tudo “A vida não é curta, nós que não sabemos conjugar direito o verbo viver.”

    Curtido por 4 pessoas

    Responder
  5. Adorei o texto Gil. Ontem li de um amigo: ” nós somos especialistas em inventar necessidades”… às vezes, os conselhos das vovós, vem bem a calhar…

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  6. Impressionante a sabedoria dos “antigos” como as pessoas costumam dizer. Sua avó e seu tio tem razão, pra quê correr se a vida tem hora marcada, aprender a conjugar o verbo viver, como você disse, É acertar nossos ponteiros.
    Excelente texto Gill….
    Como diz a Vivi… vou roubartilhar.
    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  7. muito bom, gill!
    as vezes até comento com meu namorado ou alguns amigos meus, que, a vida passa depressa, mas que não é curta de fato. Nós que acabamos deixando muita coisa passar despercebida, temos pressa e sede de avançar cada vez mais.. aí depois, só nos resta lamentar ~a vida é curta~.
    Beijo!

    Curtir

    Responder
  8. Simplesmente perfeito. Gostei muito do texto e me fez consolidar ainda mais a dita e repetida frase: “há um tempo certo para cada coisa”.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  9. Ai que texto mais lindo, ficou perfeito!! Realmente a vida não é curta demais, e creio que nós é que não sabemos aproveita-la de certa maneira, por isso que temos que viver cada momento e com certeza aproveita-los!!
    Que você tenha um ótimo dia :))
    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  10. Maravilhoso texto, Gil, amei!! E sua a vó e seu tio, muito sábios!! Também estou nessa, sem pressa e buscando viver o melhor do momento. “E deixa a vida me levar, vida leva eu” …rsrs

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  11. Obrigada pelas palavras Gill! Nesta fase que estou, da casa nova… querendo tudo de uma vez. Basta saber esperar né. Um super beijo.

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
    • Vixe, te entendo bem, já passei por isso, a fase de querer mastigar mais do que cabe na boca, coincidentemente foi na mesma situação, quando comprei meu apto… Mas ouvi una conselhos e pisei no freio, o que foi ótimo, com calma, pensado, tudo ficou perfeito, do jeito que eu sempre imaginei mentalmente, acho que se não fosse assim, não teria dado tão certo!

      Tenha uma linda semana!
      Beijos!

      Curtido por 1 pessoa

      Responder
  12. truquesdaitgirl

     /  8 de janeiro de 2016

    Olá Gill, tudo bem? Te indiquei para o Prêmio Dardos. https://truquesdaitgirl.wordpress.com/

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  13. O que tiver que ser, será!
    Talvez Fernando Pessoa acrescentaria Tb ” Navegar é preciso, viver não é preciso”

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  14. Olá Gil! você foi indicado ao prêmio Dardos http://martageraldine.com/2016/01/10/premio-dardos/ beijos

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  15. A vida é curta. Portanto, curta.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  16. Lembrou-me que a minha avó dizia: “Em nada coloques excesso”.
    Neste caso, nem na fuga nem na urgência. Tudo vem com tempo e, como disse o Mariel, Curta porque ela é curta! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  17. Muito bom, li por acaso e nesse acaso percebi que eu não estava correndo, evolui pra o voando, meus deus que urgência, rsrs. Mas é isso, o importante é apreciar a paisagem antes de querer pintar o quadro sem prestar atenção nos detalhes… Obrigado pelo post, acho q foi essencial pra mim e outras pessoas aq !! 😀

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  18. Há um tempo para tudo na vida como também há um tempo para que tudo na vida ., Assim não adianta correr.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: