Papo de Bar… Mundo Chato!

image

O ritmo desse ano começou a engatar, e se eu tomar por sinal, comparando o ano passado, quando a minha primeira viagem de trabalho foi apenas em março, posso esperar que esse ano será difícil de acompanhar, já que antes de acabar janeiro eu já estava pondo o pé na estrada.
Ao menos os textos do Papo de Bar terão ambientes variados, já que em São Paulo dificilmente traio meus barzinhos preferidos.
Nessa última sexta, o pessoal da equipe e eu nos reunimos num barzinho no Centro de Vitória/ES, chamado Doca 183, um Bar com um ambiente perfeito para um papo descontraído entre amigos.
O assunto desse vez foi como o mundo anda chato.
Muito legal da parte das pessoas, lutar para exterminar preconceitos, radicalismos, intolerâncias e discriminações. O problema é que o bom senso tem ficado de fora, a generalização tem ficado por perto, e muitas pessoas que lutam, tem agido de maneira parecida ou igual àquilo contra o qual têm lutado.
Um bom exemplo são os humoristas, hoje em dia está muito difícil fazer piada e não ser criticado, julgado, e muitas vezes até processado.
Mas não são só eles, se você também fizer uma piada e esta incomodar alguém, o mesmo pode acontecer com você. Grande parte disso devemos a nossa querida, amada, e tão ingrata internet, onde qualquer pessoa com um pouco de revolta e determinação, usando um jogo de palavras corretas, pode transformar qualquer pessoa em um alvo de críticas e campanhas acusatórias apoiada por uma multidão.
As coisas estão mais ou menos assim: Se defendemos uma pessoa branca, temos preconceito contra os negros, se elogiamos uma pessoa magra, estamos discriminando as pessoas gordas, se falamos bem de uma religião, estamos sendo contra as outras, se somos homens orgulhosos, somos machistas, mulheres, feministas.
E a lista de frescurites desse mundo chato só se prolongam.
Quem me acompanha no Twitter onde tenho mais de 250 mil seguidores, sabe que sou um piadista incorrigível, então posso falar com propriedades sobre esse tipo de coisa, pois não tem um dia naquele site que alguém não se incomoda com algo que eu escrevo.
Gostaria de voltar àquela época no mundo em que piadas eram apenas piadas, e não queria dizer que quem às fazia, às tinha como filosofia de vida, apenas queriam fazer as pessoas rirem.
Ou voltar no tempo em que se você defendia uma classe ou etnia, não significava que tinha preconceito contra as outras, mas que apenas era àquela que necessitava do seu apoio naquele momento em especial.
Sinto falta daquela época em que podia falar que sou hétero, sem incomodar um homossexual, falar que voto em um partido sem incomodar todos os outros, ou simplesmente de poder falar que não gosto de algo, sem incomodar as pessoas que gostam.
Até aceitaria voltar nos tempos maremotos da internet, em que ela era dominada pelo falecido Orkut e nossos parentes mandando gifs porpurinados de animaizinhos fofos, e não haviam tantos revolucionários revoltados que se escondem atrás de um teclado e que adoram criar discórdia e causar discussões.
Sinto falta daquela época em que você não gostar de algo ou ser contra algo, não significava que não gostava também das pessoas que não pensavam da mesma forma. Aquela época em que opiniões eram respeitadas, e as pessoas que às possuíam, também.
Chegamos a conclusão no bar, de que o maior problema hoje em dia, é que a maioria das pessoas têm algo à falar sobe quase tudo, e grande parte dessas pessoas acham que apenas as suas opiniões são as certas e as dos outros não importam, os conceitos se tornaram radicais, e os ouvidos se tornaram intolerantes.
E então agradecemos a Deus por sermos pessoas das antigas, que só discutem quando o assunto é futebol, e que na maioria do tempo livre, preferimos gastar confraternizando ao invés de nos contrariando, nos conhecendo ao invés de nos julgando, e acima de tudo, respeitando uns aos outros.

_

Gill Nascimento

Anúncios
Deixe um comentário

38 Comentários

  1. Boa noite. Caramba. Vc disse tudo que eu penso. Então não preciso dizer muito agora rs tem coisas na Internet principalmente que me irritam ao extremo. Claro tudo começa na Internet pois lá vc se esconde atrás da tela ne verdade. Só sei que a liberdade de expressão está perdendo lugar ou perdeu. As pessoas confundem tudo. Enfim. Adorei o tema. Sem dúvidas tomou a noite toda de papo rsrs beijao

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
    • Sim, o que tem de revolucionário atrás de monitores e teclados, não é brincadeira, pessoas que só tem voz nos dedos… Mas quem dera fosse só assim, está chato em tudo ultimamente !
      Tenha uma linda noite!

      Beijos!

      Curtido por 1 pessoa

      Responder
  2. Sabe Gil. O que você diz de pessoas estarem cobrando outras pessoas por piadas racistas, ou por pontos de vista diferentes, está tornando mais difícil mesmo opinar por algo ou alguma coisa. Mas não querendo ser chato e nem do contra, eu fico muito triste que comentaristas e humoristas estão fazendo piadas sarcásticas. Eu mesmo peguei meus filhos rachando de dar rizada em cima de vídeos, entre aspas, engraçados, que mostram o sofrimento alheio. Essa nova geração está mais antenada com as coisas, mas eu tenho notado que estão ficando cada vez mais indiferentes com o sofrimento alheio, ao ponto de rirem das desgraças de outros. Se eu subisse no palco, sabendo que o meu show vale 100 mil Reais, e que a casa está cheia, seria muito fácil eu fazer piadas preconceituosas, porque eu ganho para fazerem outros rirem, pronto, acabou. Mas, do outro lado, as pessoas que são motivos de piada, além de não ganharem nem um único centavo com estas piadas de mal gosto, ainda estão servindo de motivo e incentivo para que estes mesmos humoristas continuem ganhando dinheiro. Eu adoro piada, mas piada inteligente, não a piada preconceituosa. Desculpe pelo comentário. É o que eu penso. Abraço

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
    • Não, que isso, sua opinião é mais que válida, desse tipo de humorista que pega pesado nas piadas, eu também sou contra, mas o foco do texto não são apenas eles, o foco é que os valores estão se invertendo, a intolerância está sendo combatida com intolerância, as pessoas estão interpretando mal em muitos casos, e tornando todo mundo que pensa diferente de suas em errados! Mas concordo com tudo que você disse também, mas quando falei dos humoristas, quis dizer dos que fazem humor de verdade, e que ainda assim sofrem com as críticas… Não defendo humor de mal gosto!

      Curtido por 2 pessoas

      Responder
  3. Muito pertinente o seu texto. Concordo em tudo com você. Na época do orkut as pessoas pareciam mais felizes as brigas mais “feinhas” que aconteciam eram pelos topos em depoimentos kkkkk. Hoje a gente não pode falar mais nada, brincar mais de nada que vem um monte de “pseudo-intelectuais” com mimimi (sim, é mimimi). Legal cada um ter a sua opinião e até expô-la de forma saudável, entendendo que nem todos concordarão com você e que isso não quer dizer que ela esteja errada. Parabéns pelo ótimo texto!

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  4. Oi Gill, tudo bem? Nós adoramos muito do seu blog, por isso resolvemos indicar você para o premio Dardos ❤
    https://minhavidaemseries.wordpress.com/2016/02/01/premio-dardos/

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  5. peregrinacultural

     /  1 de fevereiro de 2016

    Concordo. 😉

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  6. Concordo com tudo *-* É mto mimimi kkkk
    Caps Look, gente sabe tudo, o mundo tá chato mesmo!!! rsrsrs
    Bjs

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  7. Gil,tudo que você falou é mais pura verdade,hoje em dia temos que ter cuidado em tudo o que for falar,poque tudo é ofensivo,abusivo ou preconceituoso.Fico meio impressionada como mundo hoje é hipócrita.Em relação a piadas,para mim são só piadas,mas percebo que em outras questões ficamos com um certo “DEDOS”para o que vai falar,pois não sabemos com que olhar aquela pessoa irá receber o que falamos.Um abraço Gil

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  8. Ótimas palavras Gil! Realmente o mundo está uma chatice que só, não podemos abrir nossa boca pra dar apenas uma simples idéia de um pensamento ou uma instrução que somos chamados de fascistas, racistas, intolerantes, conservadores, coxinhas da direita opressora. Tem sido e muito tenso nestes tempos, onde se não apoiamos somos criticados, mas tbm se apoiamos somos apedrejados 😕

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  9. Disse tudo! Eu amo a internet, acredito que ela ainda valerá muito a pena quando as pessoas tiverem mais noção do uso de dados e opiniões rs

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  10. O post que MUITOS deveriam ler, mas não vão, porque se sentirão ofendidos. Parabéns.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  11. Esse texto define o que sinto pelo mundo nos dias hoje. Está insuportável. Talvez o que falte é respeito, um pelos outros, pelas opiniões alheias, respeito por si mesmo. Parabéns pelo texto!!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  12. Oi, tudo bem?
    Indiquei o seu blog para o Prêmio Dardos. Espero que não se importe!
    Um beijo 😊

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  13. Pelo fim do mimimi!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  14. O mundo precisa de mais pessoas de boas !

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  15. Muito bom seu ponto de vista.
    Sim, de fato, o mundo anda chato em diversos aspectos (sociais, culturais, políticos) e o que podemos fazer é ser diferente, espalhar a diferença, ou pelo menos tentar 🙂
    Grande beijo e ótima viagem 😉

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  16. Angélica Moura

     /  2 de fevereiro de 2016

    Concordo com todo seu texto, eu sempre digo não gosto do extremo, por exemplo luto pelo feminino de poder não trabalhar e querer poder ser livre para ser dona do meu lar, doméstica quantos nomes tem para isso… Poder não ser trucidada que foi a sociedade que me impôs. Forte abraço.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  17. E soprattutto c’è gente che parla senza sapere e senza rispetto alcuno..

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  18. É disso que eu falo sempre.
    Respeito.
    Somos evangélicos desde que nos entendemos por gente. E vimos muita coisa mudando dentro e fora das igrejas. Sempre tivemos a mente bem aberta pra TODOS os assuntos, porque dentro de nós existe o respeito a tudo e todos.
    RESPEITO, é a ordem.
    Seu post está incrível, como todos os outros kkkkkk
    Parabéns
    Vanessa Melo
    http://meloemulkey.com/

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
    • Obrigado, é triste ver que o mundo e as pessoas estejam tomando esse rumo onde só está certo o que belas pensam, mas ainda creio que tudo um dia vai melhorar e se acertar, e as pessoas enfim vão se respeitar de verdade!

      Curtido por 1 pessoa

      Responder
  19. Muito bom !

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: