Carta de um rejeitado…

Esse texto é algo novo, que fiquei feliz em escrever, um seguidor no Facebook, leitor fiel aqui do Blog, me chamou no Inbox e me contou sua história, de como havia terminado seu namoro, e de como havia sido antes disso, e de como ele estava com toda essa situação, e pediu que eu criasse um texto satirizando tudo que aconteceu com ele. Fiquei muito feliz.
Espero que o caro Bruno Felipe curta essa versão. E vocês também.

image

Querida ex…

Eu queria poder listar aqui tudo que você já fez por mim, os sacrifícios que fez pra que tudo entre a gente fosse perfeito e causasse inveja nas suas amigas. Você transformou um sapo em Príncipe Encantado, só pra suas amigas não terem mais o direito de falarem mal de mim.
O homem que sou hoje em dia, tenho que agradecer a você.
Com você aprendi a tratar uma mulher como ela quer ser tratada, aprendi que nem sempre o que uma mulher diz que quer é realmente o que ela quer.
Aprendi com você a ler as entrelinhas ocultas por trás de cada pergunta capciosa, aprendi  a fugir das armadilhas que se escondem por trás de cada frase jogada ao acaso para testar um homem.
Aprendi a ser aquilo que você precisava, quando precisava. Aprendi a ser pontualmente conveniente.
Com você aprendi a notar cada detalhe numa mulher, aprendi a reparar na peça nova de roupa, na cor do vestido sensual, no corte novo de cabelo, mesmo se esse corte foi só uma aparada de pontas, aprendi a elogiar, a palpitar, a ser relevante.
Com você e seus ensinamentos, aprendi a falar e a ouvir uma mulher.
Aprendi a ser aquilo que necessitam que eu seja.
Com você eu aprendi a ser quem eu sou, a ser o que sou.
De todas as coisas que você já fez por mim, essa sem sombra de dúvidas foi a melhor.
Então só tenho a agradecer por você ter me deixado, porque agora ficou muito mais fácil ser o canalha que estou destinado a ser.
Se não fosse sua chatice extrema e seu jeito exigente, nunca teria conquistado a sabedoria que tenho hoje.
Se não fosse sua mania de querer me transformar, eu não teria aprendido a atuar tão bem.
É, agora graças a você posso ser o cafajeste que eu sempre quis ser.
Bendita hora em que decidi ser um cara legal e ter apenas uma mulher “por um tempo”. Você foi a melhor professora que um homem pode ter.
Agora sei o que as mulheres querem ouvir, como elas querem ser tratadas, a responder as perguntas delas, e me transformar no que elas precisam.
Sim, todas as mulheres que eu levar pra cama a partir de hoje, será graças a você.
Então apesar do tempo de escravidão, das exigências, da coleira apertada e das greves de sexo, valeu cada segundo ao seu lado, valeu cada aula recebida sem que você percebesse. Cada fração de segundo valeu a pena. E a carta de alforria foi o melhor presente que você me deu.
Agora vou trocar o amor de uma pelo o amor de muitas.
É, você criou um monstro.
Todo cafajeste deveria te conhecer e passar uma temporada contigo.

Fique bem.

_

Gill Nascimento

Anúncios
Post seguinte
Deixe um comentário

26 Comentários

  1. Que trágico!
    Uma relação de amor e ódio ‘-‘
    Agora eu te pergunto Bruno Felipe está realmente feliz e agradecido, ou apenas arrasado? Espero que esteja bem rsrsrs

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
  2. Robson Luz

     /  24 de fevereiro de 2016

    Muito bom! hehehe

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  3. Gill, meu querido, só ler ressentimentos também faz as pessoas refletirem, mas pelo visto a leveza das lições depreendidas em todas as etapas da vida não foi compreendida pelo rapaz.
    Todo mundo sofre, agora, um dos sinais de crescimento é a capacidade de não culpar os outros pelos seus atos. Se deu errado? Assuma!! Hombridade para homens e mulheres é a coisa mais digna que existe; e outra, se não sentia-se bem, porque continuou? Conversar, terminar e afastar-se também é um ato de amor quando as coisas já não dão mais certo, até porque tudo é energia e ela precisa fluir.
    O bacana é saber que esse texto não é uma reflexão sua (penso que vc se esforçou para transmitir os sentimentos do rapaz), pois felizmente já te conhecemos um tiquinho pra esperar mais de você.
    Beijo, Gill!!

    Curtido por 4 pessoas

    Responder
  4. Hum, para mim a culpa é dos dois!! Abs 😉

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
  5. Por essas e outras que sou solteira.
    (Fico feliz em saber que é apenas uma transcrição do sentimento dele e não uma opinião sua, espero).

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
    • Claro que é só uma transcrição kkkkkkkkk aparentemente, segundo ele a namorada era uma maluca controladora, que desde o início tentou transformar ele em outra pessoa, e diz ele que aprendeu muito, mas deveria usar para o bem e não para se tornar um canalha, só peguei o que ele me contou e transformei tipo numa carta kkkkkkk não concordo com a namorada, mas também não concordo com ele kkkkkkk só que achei divertido mesmo, se interpretado corretamente, não detalhei já pra causar polêmica kkkkkkkk ainda espero algum comentário mais exaltado, senão não terá graça 😉

      Curtido por 1 pessoa

      Responder
      • Eu ia dar o seu comentário esperado rs… mas resolvi não fazer isso.
        Essa história na verdade só prova que ele não aprendeu nada. As Frustrações devem servir para o amadurecerimento, justamente pra gente saber como não deve agir.
        Você é show Gillzinho🌷

        Curtido por 2 pessoas

        Responder
  6. Hum…. pesado. Nem todas as mulheres colocam coleiras em seus namorados. Quem ama sabe viver em liberdade e dar liberdade.

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
    • Sim, claro, nem sonhando quis generalizar a situação, isso é só um caso à parte e uma história isolada! Apenas transcrevi mesmo e transforme um pouco!

      Tenha um lindo domingo e uma ótima semana!!!!

      Beijos!!!

      Curtir

      Responder
  7. Gente quanto ódio no coração. Vai voltar a ser cafajeste de novo. Acho que no fundo tem um pouco de mágoa pelo término desse namoro.

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  8. Vai ter de mudar o nome do texto para “carta de um homem feliz”. Saiu-lhe a sorte grande, foi o que foi! 😀

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  9. Eita!!! Se meu ex lesse esse texto, certamente, ele me mandaria. A vida tá ai pra errar. Fins e novos começos são essenciais, cabe a cada um saber lidar.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: