Castigo…

image

Estou na cozinha, sentado à mesa, cotovelos apoiados na mesma, mãos cobrindo um rosto que contém olhos firmemente fechados, naquela esperança boba de que quando se abrirem, tudo estará diferente, e aquela situação torturante terá passado.
Penso comigo onde foi que errei, em qual momento entre o meu primeiro suspiro e o agora, eu cometi um pecado que mereça tamanho castigo. Muitos me vem à mente, mas nenhum parece tão grande assim.
De vez em quando me levanto e ando de um lado para o outro na sala, tentando juntar a coragem necessária para fazer o que é preciso, mas logo algo me diz que não tenho tanta coragem assim.
Num gesto automático do nervosismo, encho um copo de Whisky, e quando percebo, ele já está vazio e minha garganta queimando, mas toda a ansiedade e medo continuam firme e forte onde sempre estiveram.
Pego o telefone fixo, que geralmente só uso em casos de desespero mesmo, e tento ligar para a única pessoa capaz de me ajudar, me indicando uma solução, mas nem o celular e nem o telefone de casa são atendidos. Tento imaginar o que será de mim sem o auxílio e os conselhos da minha mãe, então percebo que estou realmente ferrado.
Enquanto isso ela está lá no andar de cima, me esperando, aguardando minha decisão, ansiosa por minha resposta, pronta para me julgar e me condenar.
Volto para a mesa da cozinha, volto para a minha posição reflexiva.
Começo a relembrar os conselhos do meu pai, e os avisos sobre as armadilhas de uma relação, chego a conclusão que deveria ter dado ouvidos, deveria ter prestado mais atenção, e acima de tudo, ter gravado e acreditado em cada palavra que ele me disse.
Se eu tivesse feito isso, talvez eu não estaria nessa situação agora.
Abro os olhos e vejo um copo meio cheio de Whisky (ou será meio vazio?) em cima da mesa, e tento me lembrar quando me levantei e o enchi novamente, mas não consigo, esse problema conseguiu a proeza de me absorver completamente.
Da mesa mesmo eu olho pela janela, lá fora está tudo tão quieto, apesar do dia bonito que está fazendo, então imagino que todos estão dentro de suas casas, acompanhando, enquanto roem suas unhas, todo o drama que estou vivendo. Chego a olhar em volta procurando as câmeras.
De repente uma nova tortura toma o ar: o som dos ponteiros do relógio antigo na sala. Apontando que ela não vai esperar muito mais tempo, logo virá lá de cima um grito nervoso me chamando, e então não terá mais volta.
O pior de tudo, o relógio também faz questão de me lembrar que eu já deveria ter saído a mais de 20 minutos, mas acabei me metendo nessa confusão.
Enfim a necessidade de sair, vence o medo de lidar com a situação, viro na boca o restante do Swing da Johnny Walker que estava no copo, respiro fundo, falo uns cinco palavrões, e então subo a escada.
No quarto ela nem precisou me ver, ao escutar meus passos já se virou na direção da porta, se posicionou firmemente preparada para me questionar, e aguardou que eu entrasse.
Eu entro, mas nem completamente, antes que ela fizesse a tão temida pergunta:
“Então amor, qual você acha melhor, o preto ou o vermelho?”
Respiro e digo o que meu coração me manda dizer:
“Acho os dois lindos, e adoraria escolher o que não fará com que você precise trocar os sapatos, os brincos e a maquiagem, afinal já deveríamos ter saído há meia hora. Que tal uma dica?”

_

Gill Nascimento

Anúncios
Deixe um comentário

45 Comentários

  1. Eva Camargo

     /  25 de fevereiro de 2016

    Puxa, li o texto todo esperando ansiosa pelo final. HAHAHA Eu adorei mesmo! Parabéns 😀

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    A temida pergunta, “preto ou vermelho?”
    Adorei *-* show!

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  3. Ah que drama!Ao fim de tudo ela vai usar o que quiser,e é bem possível que não seja nenhum dos dois 😯😕😀

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  4. Vivendo e aprendendo! Vejo como aprendizado através da nossa experiência. Abs.

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  5. Ufa, que susto!! Pensei que seria algo grave :/

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  6. Però! 🙂
    Nero o rosso…come nella roulette! Della vita.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  7. kellicarine

     /  25 de fevereiro de 2016

    Achei que seria AQUELE problema hein…. Ótimo 🙂

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  8. Baseado no fato de sempre acompanhar seu post, já imaginava que o final seria algo do gênero! Hahaha…muito bom!

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  9. kkkkkkk, escolha sempre o preto… combina com tudo!

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
  10. Hahaha Você como sempre me surpreendendo em seus textos Gil e como sempre me fazendo sorrir muito… Adorei, apesar de esperar um final trágico! Bjs ❤

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
  11. 😂 😂 Achei que ela ia perguntar: já lavou a louça? 😂 😂 Achei que teu castigo era uma pia cheia de louça! 😂 😂

    Curtido por 3 pessoas

    Responder
    • Débora, acredite se quiser, mas não tenho problemas com louças pra lavar, e na verdade até gosto, principalmente nesse calor de ultimamente 😂😂😂😂
      Lindo domingo e uma ótima semana pra ti!!!
      Beijão 😘😘😘

      Curtido por 1 pessoa

      Responder
  12. Gill, para a próxima informa que só vai esperar esse horror de tempo, se o que tiver para pôr no copo for “Dimple” de 20 anos! Se tem de sofrer, que seja com qualidade. 😀

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  13. Gargalhadas!!!!! Nem eu me aguento quando estou indecisa com a roupa!!!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  14. Kkkkkkkkkk, essa foi boa. Realmente a espera é um castigo. Muito bom, meu marido já aprendeu e só se arruma depois de me ver quase pronta, ou como ele diz quando eu pergunto, – e ai?! Não esta pronto ainda? Ele responde: – Só depois que você me chama para puxar o ziper do vestido. Kkkkkk. A convivência ensina. O mesmo vale para quando vocês dizem: – estou chegando amor, 20:00 esteja pronta, começo me arrumar às 20:00 porque aqui, quando liga pra confirmar, é porque esta enrolado em alguma situação e só chegará às 21:00. Kkkkkk.vivendo e aprendendo.

    Curtido por 2 pessoas

    Responder
    • Eu uso outra técnica Fabi, geralmente falo que o compromisso é uma hora mais cedo que o horário verdadeiro, mas dessa vez esqueci kkkkkkkkkkk
      E isso de dizer que vamos chegar tal hora e chegamos bem mais tarde já é tática, pois sabemos que isso sempre vai acontecer kkkkkkkkkkk
      Lindo domingo e uma prima semana pra ti!!!

      Beijos 😘😘😘

      Curtido por 1 pessoa

      Responder
  15. Odilar Júnior

     /  27 de fevereiro de 2016

    Tanto suspense pra só dizer que aguardava a esposa terminar de se arrumar…. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Imagine se o Gill fosse roteirista de filme de suspense…. Iria querer assistir até o final!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  16. Como quero voltar a conquistar esta tua maravilhosa capacidade de narrar os factos!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
    • Hahahahaha sou só uma cara que adora dramatizar e criar suspense hahahaha é como eu disse aqui pra uma amiga, a inspiração depende muito de como anda o nosso psicológico, e o estresse é o pior inimigo, como trabalho usando a inspiração e criatividade, sempre priorizo meu relaxamento, isso ajuda tanto no trabalho quanto aqui!!!
      Tire um tempo pra si mesmo amigo, faça aquilo que quer, quem sabe não é disso que precisa 😉
      Tenha um ótimo domingo e uma ótima semana!!!

      Abraço!!!

      Curtir

      Responder
      • Disseste tudo: o stresse e o psicológico são os nossos piores inimigos.
        Desde que a minha avó desenvolver Alzheimer e logo de seguida minha mãe teve cancro, seguindo-se ainda o meu pai, a minha escrita parece ter sido absorvida. O pai já efetuou a viagem mas a mãe já teve, desde o início do ano, duas novas ameaças de cancro, em diferentes órgãos. Falta confirmar a atual. Enfim, com a vida de professor… não está fácil.
        Abraço.

        Curtir

        Responder
  17. FANTÁSTICO! hahahah. Imagino como é sofrido pra vocês que nem sequer entendem a importância, mas digo que pra mim mesmo sendo mulher já é bem doloroso. Odeio esperar mulher se arrumar ou comprar roupa, às vezes odeio sair pra qualquer lugar com amigas por saber que elas irão entrar em mil lojas sem a necessidade disso. Sorte minha e do meu namorado que sou uma mulher bem prática, com o guarda roupa todo preto/branco/cinza, onde tudo irá combinar, e se ainda restar motivo pra estar atrasada, vai um camisetão com jeans que nunca falha, ao menos pra mim! DSJFAOSFOSDHFDSHF.

    Tenha uma boa noite!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
    • Eu não entendo meeeeeeeesmo kkkkkkkkk
      Mas são coisas da relação , clichês indispensáveis, e no final acabo é dando risada!!!
      Cinza, branco e preto, meu guarda roupa também kkkkkkkkkkk
      Lindo domingo e uma ótima semana pra ti!!!

      Beijos!!!

      Curtido por 1 pessoa

      Responder
  18. kkkkkk Acabei de ser inspirada pra um post. Essas mulheres precisam entender esse drama…rs…

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  19. Você acreditaria se eu te disesse que esse texto sou eu?
    Abraço

    Curtir

    Responder
  20. Ó dúvida cruel kkkkkk

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  21. Muito bom !

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: