Papo de Bar… O Desafio está aceito!

Estava eu na última sexta em Buenos Aires num bar memorável, por ter cerveja sempre gelada, whiskies da minha idade e um ambiente agradável, quando um colega mencionou gostar do Blog e os assuntos que puxo para nele postar, e nisso eu perguntei:
“Você por acaso já entrou na internet, para ler algum dos meus Papos de Bar?”
Ele foi sincero e disse que não, e eu achei isso nem um pouco legal, e mencionou uma série que assistiu, onde tinha um capítulo todo rimado que ele achou sensacional, e disse que se tornaria fã do meu Blog, se eu escrevesse um texto do mesmo jeito, e eu citando um bordão do mesmo seriado, respondi:
“O desafio está aceito!”
Quando ele me propôs esse estímulo, com certeza não sabia o que fazia, não tinha ideia que comecei a deslizar minha caneta pelo papel, escrevendo poesias. Ele nem se surpreendeu por eu ter aceitado com tanta rapidez, e ao invés disso perguntou:
“Qual é o assunto dessa vez?”
Não havia pensado nisso, além de escrever rimando, eu precisaria de um tema, isso sim seria um pouco difícil, e então eu me vi diante de um dilema, mas se era pra ser desafiado, que graça teria se não me arrancasse suor?
Foi então que me veio à mente:
“Desafios, para quê um tema melhor?”
Vivemos num mundo onde todos os dias constantemente somos desafiados, às vezes nem percebemos, a vida costuma ser tão difícil, que já ficamos acostumados. Somos fortes e capazes, e às vezes deixamos isso passar, nem percebemos o quanto lutamos, para um simples dia superar.
Engraçado como ficamos preocupados quando surge um desafio que foge do normal, se tivéssemos consciência da força que temos, nosso psicológico não ficaria tão mal. Perguntei para um colega, se ele tinha conhecimento de sua própria força:
“Se tenho, desconheço, mas se diz que possuo, que Deus te ouça!”
Coitado de mim que falo com se fosse um especialista na matéria, na verdade eu sou igual a todos. Conhecer minha capacidade? Quem me dera!
Quantas vezes em nossa vida nos deparamos com um  problema que nos trás descrença, e antes mesmo de encará-lo já profetizamos nossa própria sentença.
A verdade é que geralmente, dificilmente acreditamos na nossa eficácia, e se duvidamos de nós mesmos, pra quem sobrará tamanha audácia?
Meu avô sempre dizia: “Geralmente somos nós mesmos o nosso pior oponente!”
Agradeço à Deus todos os dias, por ter guardado seus conselhos em minha mente. Pois o que ele disse, nada mais é que uma simples e pura verdade, pois somos nós que impomos nossos limites, nos transformando em meros covardes.
O limite, na maioria das vezes, nada mais é que uma desculpa para nossa covardia, mas quando não temos tempo para sentirmos medo, os limites não existem no nosso dia. Geralmente somos corajosos quando não temos tempo nem a opção do contrário, e então vencemos a luta, por não termos nós mesmos como adversário.
Outro colega comentou, que faz isso com muita frequência, desistir antes mesmo de tentar, desconhecendo sua própria eficiência, mas que em outra vezes, por não ter opção, superou obstáculos muito maiores, fazendo ele perceber, que não ter escolha, tornam assim as coisas mais fáceis e melhores.
E essa é a verdade, ter opções, às vezes, nos deixa meio acomodados, melhor seria se no caminho da vida, não pudéssemos olhar para os lados.
Espero que tenham gostado do texto, pois confesso, foi um desafio difícil de ser completado, mas adorei escrevê-lo, tanto quanto adorei ser desafiado!

 

 

 

Gill Nascimento

Anúncios
Deixe um comentário

23 Comentários

  1. Adorei o texto e a mensagem, com certeza somo nosso maiso adversário! rsrs E como nos sabotamos !!

    Agora desafio vc a fazer um daqueles textos onde todas as palavras comecem com a mesma letra 🙂 TOPAS!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  2. Realmente. Desafios nos instigam. Fazem a gente se lembrar que há limites. Por outro lado, nos levam a descobrir tantas possibilidades dentro e fora da gente. Adorei o post. Abraços.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  3. Que texto maravilhoso! Realmente, somos desafiados todos os dias e na maioria das vezes desistimos, quando o correto é insistir no desafio e seguir em frente! Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  4. Amo desafios porque são deles que brotam minhas expressões mais genuínas.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  5. Challenge accepted 🙂 mto bom!!
    Cris

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  6. Amei, me vi no texto rs Desafio.
    Parabens

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  7. La sfida più grande è vivere, ma l’uomo se la cava bene da millenni.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  8. Incrível 👏👏👏

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  9. Arrasou Gill!!! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  10. Muito bom seu texto! Curti… preciso dizer mais vezes desafio aceito para a vida! Post inspirador…Parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: